icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
26/11/2013
17:41

A seleção espanhola recebeu uma homenagem nesta terça-feira na pequena cidade de Minas de Riotinto, que fica em Huelva, na Andalusia, próxima a Sevilha. Agora, a Roja tornou-se nome de uma praça na localidade, em lembrança à famosa goleada por 12 a 1 sobre Malta no fim de 1983, que garantiu a Fúria na Eurocopa do ano seguinte.

A "Plaza Selección Española de Fútbol" fica em frente ao Teatro Juan Cobos Walker, e a cerimônia contou com a presença do presidente da Real Federação Espanhola de Futebol, Ángel María Villar, além de jogadores daquelas seleção.

A partida teve muita polêmica na altura. A Fúria disputava vaga com a Holanda, que jogou quatro dias antes e venceu a própria seleção de Malta por 5 a 0, garantiu uma vantagem no saldo de gols de 11. Justamente a diferença que a Espanha conseguiu tirar no jogo decisivo, que foi em Sevilha, no Estádio Benito Villmarín, o do Betis.