icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
30/08/2015
17:58

O ala/armador Vitor Benite sabe que a estreia é sempre um jogo que traz certa ansiedade, mas vê o Brasil preparado para fazer uma boa partida diante do Uruguai, nesta segunda-feira (31 de agosto), às 15h30 (de Brasília), no Palacio de los Deportes, localizado na cidade do México, na rodada inicial da Copa América/Pré-olímpico – 2015. Na primeira fase da competição continental, o Brasil aparece no Grupo A, ao lado do anfitrião México, Panamá, República Dominicana e o já citado Uruguai.

- Na estreia sempre é muito importante controlar o nervosismo e, principalmente, a ansiedade, por toda a pressão que envolve e por ser o primeiro jogo do campeonato. Temos que tentar jogar o mais tranquilo possível, pois a equipe fez uma preparação muito boa para chegar até aqui, além disso, devemos estar focados e concentrados durante os 40 minutos - relata Benite, que conhece bem o selecionado uruguaio.

- Sabemos que o Uruguai é uma equipe que joga muito no físico, é duro e não desistir. Então, precisamos igualar ou até ter mais atitude do que eles para sairmos com uma boa vitória. O grupo, como já frisei, está preparado, confiante e tem tudo para iniciar a competição realizando um bom jogo - complementa o ala/armador, que foi anunciado recentemente como reforço do UCAM Murcia, da Espanha.

Na sequencia da fase inicial da Copa América/Pré-olímpico – 2015, os compromissos da Seleção Brasileira serão estes: 1º de setembro (terça-feira), República Dominicana (19h00 – de Brasília); 02 de setembro (quarta-feira), México (21h30 – de Brasília); e 04 de setembro (sexta-feira), Panamá (15h30 – de Brasília).

De acordo com o regulamento, na fase inicial, as equipes jogam entre si, em turno único dentro de seus respectivos grupos, e os quatro melhores avançam a segunda fase. O Grupo B conta com estas nações: Argentina, Canadá, Cuba, Porto Rico e Venezuela.

O ala/armador Vitor Benite sabe que a estreia é sempre um jogo que traz certa ansiedade, mas vê o Brasil preparado para fazer uma boa partida diante do Uruguai, nesta segunda-feira (31 de agosto), às 15h30 (de Brasília), no Palacio de los Deportes, localizado na cidade do México, na rodada inicial da Copa América/Pré-olímpico – 2015. Na primeira fase da competição continental, o Brasil aparece no Grupo A, ao lado do anfitrião México, Panamá, República Dominicana e o já citado Uruguai.

- Na estreia sempre é muito importante controlar o nervosismo e, principalmente, a ansiedade, por toda a pressão que envolve e por ser o primeiro jogo do campeonato. Temos que tentar jogar o mais tranquilo possível, pois a equipe fez uma preparação muito boa para chegar até aqui, além disso, devemos estar focados e concentrados durante os 40 minutos - relata Benite, que conhece bem o selecionado uruguaio.

- Sabemos que o Uruguai é uma equipe que joga muito no físico, é duro e não desistir. Então, precisamos igualar ou até ter mais atitude do que eles para sairmos com uma boa vitória. O grupo, como já frisei, está preparado, confiante e tem tudo para iniciar a competição realizando um bom jogo - complementa o ala/armador, que foi anunciado recentemente como reforço do UCAM Murcia, da Espanha.

Na sequencia da fase inicial da Copa América/Pré-olímpico – 2015, os compromissos da Seleção Brasileira serão estes: 1º de setembro (terça-feira), República Dominicana (19h00 – de Brasília); 02 de setembro (quarta-feira), México (21h30 – de Brasília); e 04 de setembro (sexta-feira), Panamá (15h30 – de Brasília).

De acordo com o regulamento, na fase inicial, as equipes jogam entre si, em turno único dentro de seus respectivos grupos, e os quatro melhores avançam a segunda fase. O Grupo B conta com estas nações: Argentina, Canadá, Cuba, Porto Rico e Venezuela.