icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2014
19:48

A seleção brasileira masculina de vôlei estava em Modena, na Itália, – treinaram nas instalações do time da casa, onde joga o levantador Bruninho – para treinar com foco na fase final da Liga Mundial. Foram seis dias de treinos puxados para que o rendimento do time seja melhor do que o apresentado na primeira fase da competição.

Nesta segunda-feira (14.07), a equipe segue para Florença, também na Itália, para a disputa da etapa decisiva, de 16 a 20 de julho. A seleção brasileira estreia no dia 17. Após essa semana de treino, o central Lucão garante que o time chegará mais preparado.

– A fase classificatória foi bem puxada, já que o nosso primeiro objetivo era mesmo conseguir a vaga. Nesta semana, tivemos um tempo para trabalhar e recuperar fisicamente. Tanto para o crescimento físico, como técnico, foi muito importante ter esses dias de intervalo nos jogos apenas para treinamentos – comentou Lucão.

O central ainda aproveitou para falar sobre os primeiros adversários, que são Rússia e Irã. De acordo com ele, a seleção está preprada para enfrentar qualquer time agora.

O assistente técnico Rubinho, também aproveitou para elogiar a intensidade e o volume dos treinos. Segundo ele, foi uma semana muito proveitosa e deu para martelar em cima de alguns pontos que não estavam ajustados para que a equipe chegue totalmente preparada na fase final da competição.

O Brasil está no Grupo I, ao lado de Rússia e Irã, que será o adversário da equipe verde e amarela no dia 18, também às 12h30. No Grupo H estão os donos da casa Itália, Estados Unidos e Austrália. A equipe dirigida pelo técnico Bernardinho busca o décimo título da Liga Mundial.