icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/11/2013
09:54

Com garantias de que será titular na Seleção Brasileira para o amistoso contra a Honduras, o goleiro Victor tem uma chance gigante de tentar uma vaga na Copa do Mundo de 2014. Com isso, nada melhor do que jogar no Galo e ter, em Taffarel, um espelho. O ex-goleiro tetracampeão mundial defendeu o Galo entre 1995-1998 e foi para a Copa da França sendo atleta alvinegro.

- O Taffarel, quando se fala de goleiro de Seleção, é referência, três copas do mundo. Sem dúvida é o grande espelho que eu tenho, não só pela sua história, mas pela conduta e caráter. Sempre conquistou seu espaço pelo seu mérito. Sem dúvida, é um goleiro que me inspiro bastante na minha carreira - afirmou o goleiro.

Além dessas coincidências, Victor se assemelha com Taffarel por conta de outro fator. Ambos são conhecidos por brilharem nos pênaltis. Em 1994, Taffarel foi um dos herói na vitória contra a Itália. Voltou a brilhar diante da Holanda, na semifinal de 1998. Já Victor evitou a eliminação precoce do Galo contra o Tijuana, nas quartas-de-final da Libertadores. E voltou a brilhar tanto na semifinal quanto na final, novamente 'tapando' pênaltis.

- É um ano para ficar guardado não só na minha memória, mas de todo torcedor do Galo. Espero que possamos fechar com a conquista do mundial, que seria a cereja do bolo de 2013.