icons.title signature.placeholder Felipe Domingues
21/07/2014
17:00

O Brasil não conquista um título mundial (ou de expressão), desde a geração dourada de Wlamir Marques, Ubiratan, Amaury e Rosa Branca, campeões mundiais de 1959 e 1963. Nesta segunda, outra geração brilhante se apresentou para o Mundial da Espanha. Medalha à vista?

- Troco sempre a palavra pressão, por desafio. Nosso principal desafio começa nesta tarde. Acho que vai ser nosso ponto mais importante. Vamos fazer um bom mundial. Os Estados Unidos são favoritos, Espanha tem um time forte, jogando em casa, e depois há um patamar com muitas equipes, incluindo o Brasil - comentou Rubén Magnano, treinador da equipe.

O Brasil joga no grupo A, ao lado de França (estreia em 30 de agosto), Irã, Espanha (dona da casa), Sérvia e Egito. O Brasil, pela primeira vez desde os Jogos de Londres-2012, onde foi quinto lugar, entra sem lesões e com o grupo completo.

- A última competição que disputamos com o grupo bem e completo, foram os Jogos de Londres e a gente teve uma boa campanha. É isso que a gente espera repetir - comentou Tiago Splitter, campeão da NBA com o San Antonio Spurs nesta temporada.

Desde o primeiro título mundial, o Brasil teve outra geração valorosa, guiada por Ary Vidal, Oscar e Marcel, que conquistaram o 4º lugar no Mundial de 1986 e o 5º em 1990. Agora, o Brasil tem 4 jogadores da NBA e mais dois com passagem, além de um treinador campeão olímpico com a argentina, em 2004.

- Muitos de nós já temos Copas Américas, classificação à Olimpíada, fizemos bons papéis, mas falta coroar com uma medalha e, claro, lutar pelo alto do pódio também. A gente tem que ter essa ambição, porque time a gente tem. Só precisamos colocar na prática - completou Marcelinho Huertas, campeão espanhol com o Barcelona em 2013-2014.

O Brasil inicia os treinos de preparação para o Mundial nesta segunda-feira, em São Paulo. Depois, viaja para o Rio de Janeiro, onde disputa o Desafio de Basquete, de 31 de julho à 2 de agosto.

Confira o calendário da preparação do Brasil para o Mundial:

Treinamentos:

- Ginásio do Clube Sírio - 21 a 30 de julho, 3 a 9 de agosto e 13 de agosto.
- Ginásio do Paulistano - 28 de julho e 4 de agosto

Torneios de preparação:

Desafio de Basquete (Maracanãzinho, Rio de Janeiro):

- Brasil x Angola - 31 de julho, às 20h
- Brasil x Argentina - 02 de agosto, às 10h

Torneio das três nações (Buenos Aires, Argentina):

- Argentina x Brasil - 08 de agosto, às 20h30
- Brasil x México - 10 de agosto, às 18h30

Amistoso Internacional (Chicago, Estados Unidos):

- Estados Unidos x Brasil - 16 de agosto

Torneio Internacional na Eslovênia (Ljublja, Eslovênia):

- Brasil x Lituânia - 21 de agosto
- Eslovênia x Brasil - 22 de agosto
- Brasil x Irã - 23 de agosto

Copa do Mundo da Espanha (Granada, Espanha):

- Brasil x França - 30 de agosto, 13h
- Brasil x Irã - 31 de agosto, 13h
- Brasil x Espanha - 1 de setembro, 17h
- Brasil x Sérvia - 13h
- Brasil x Egito - 10h30