icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/06/2014
18:36

A seleção da Argentina encontrou uma maneira de tentar parar a equipe suíça. Os Hermanos tem em mãos um dossiê a respeito da seleção europeia com características a respeito do time da Suíça, e também sobre Xaqiri, principal jogador da equipe européia.

O atacante do Bayern de Munique é a grande esperança dos suíços para a patida da próxima terça-feira, Xaqiri comandou a equipe na vitória por 3 a 0 sobre Honduras, com direito a hat-trick.

O assistente técnico de Sabella, Gugnali analisou o rival durante a coletiva concedida neste sábado.

- Temos trabalhado muito buscando informações sobre o próximo rival. É um time jovem, difícil, muito atlético. É um time que trabalha muito bem pelos lados do campo. São jogadores agressivos e importantes. Lichtsteiner foi campeão pelo Juventus, Shaqiri vem muito bem. Respeitamos o rival, mas confiamos em nosso poder. Vai ser um jogo intenso e os detalhes vão fazer a diferença. Temos que buscar os espaços que são poucos, mas que a França aproveitou muito bem - comentou Gugnali.

Titular da equipe albiceleste na partida contra a Nigéria, o experiente Maxi Rodrigues, que está em sua terceira Copa do Mundo disse que agora não da mais para errar.

- As partidas agora não nos dão margem de erro. Temos que estar concentrados ao máximo, a 100%. Nossa mentalidade é sempre a mesma. Temos um grande rival pelo caminho e se não estivermos atentos qualquer um pode nos ganhar - finalizou o jogador do Newell's Old Boys.