icons.title signature.placeholder Felipe Bolguese
14/06/2014
18:31

Os jogadores da Alemanha tiveram um desejo curioso no período de concentração da seleção em Santo André, vila de 800 habitantes do município de Santa Cruz Cabrália, no sul da Bahia: ir para o campo de treinamento de bicicleta, num trecho de dois quilômetros, por uma estrada. No entanto, aA Companhia da Mata Atlântica da Polícia Militar da Bahia, que faz a segurança da delegação na região, vetou a ideia.

- Vários jogadores gostariam de ir para o treinamento andando de bicicleta. Ninguém tem medo de contato com as pessoas, nossos jogadores são abertos e curiosos, eles não têm medo do contato com os brasileiros. Infelizmente, isso não é possível, as forças de segurança brasileiras não permitem tal atitude. Nós respeitamos suas decisões e confiamos em seu trabalho - afirmou o gerente Oliver Bierhoff, ao site da federação alemã, dizendo que ainda tenta atender o pedido dos jogadores no futuro.

- Minha esperança é que as autoridades relaxem e reavaliem essa situação, que não está em nossas mãos - completou.

A Alemanha fica concentrada no Campo Bahia, um complexo de casas que fica à beira da praia de Santo André. Já o campo que foi construído é um pouco mais afastado. Para chegar ao local, é preciso andar dois quilômetros pela BR-367, estrada que liga a região à cidade de Canavieiras. Os jogadores têm ido aos treinos divididos em vans, que foram o meio de transporte utilizado neste período.

A escolta feita pela polícia militar também chamado a atenção da mídia internacional. Policiais, portando armas e um fuzíl, protegem o local e seguem as vans a cada deslocamento.

Apesar do aparente excesso, o clima é tranquilo. A relação com a delegação alemã é muito boa, inclusive com brincadeiras. Alguns chegaram a pedir para tirarem uma foto com o meia Özil, e o atacante Podolski entrou no clima. Os dois registraram o momento nas redes sociais.

- A foto foi um pedido deles. São as pessoas que ficam cuidando de nós na frente do hotel. Eles queriam uma foto com o Özil, eu disse que tiraria junto também. Talvez na próxima semana eu mostre fotos com as pessoas que vivem em torno do Campo Bahia - disse o atacante Lucas Podolski, em entrevista coletiva neste sábado.