icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/03/2014
00:22

O América-MG considerou a partida contra o Boa Esporte, disputada nesta quarta no Independência, como decisiva. Antes do jogo o treinador Moacir Júnior anunciava a disposição dos seus comandados. Deu certo e a vitória veio por 2 a 0, com gols de Tchô.

-- Precisamos do resultado. Pelo começo de campeonato ruim que tivemos, estamos correndo atrás do prejuízo - antecipou o treinador.

O armador Tchô, além de fazer as pazes com o bom futebol, disse que durante o intervalo cobrou empenho dos jogadores para o retorno do segundo tempo.  

-- Agora é manter a atitute que não tivemos no segundo tempo das outras partidas. Temos que nos concentrar e não pode faltar atitude - afirmou durante o intervalo.

Com os dois gols, Tchô se aproximou de Obina na artilharia. São quatro do meia contra seis do atacante. No entanto, Tchô descartou qualquer disputa. 

-- A artilharia é para o Obina. Ele vai se recuperar e fazer mais - declarou dando apoio ao companheiro que desperdiçou um pênalti no fim do primeiro tempo.

O lateral Gilson afirmou que a vitória vai ser comemorada, mas destacou que os jogadores precisam se concentrar para mais uma decisão no domingo contra o Caldense, em Poços de Caldas. 

-- O último jogo é mais uma decisão, é mais uma final.

Do lado do Boa Esporte, o zagueiro Thiago Carvalho admitiu que o time jogou mal, mas acredita na classificação contra o Atlético Mineiro na disputa de domingo. 

-- Temos uma gordura. Estamos no G4 e temos de tudo para classificar. O Atletico é difícil e precisamos nos concentrar.