icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
08/07/2013
16:07

Muitas teorias de conspiração têm sido especuladas após a derrota de Anderson Silva no UFC 162. Outra informação polêmica que veicula agora na internet é a de uma aposta suspeita de 1 milhão de dólares (cerca de 2 milhões e 250 mil reais) em Chris Weidman. Segundo o site americano "Middleeasy.com", a identidade do apostador ainda não foi revelada, mas o valor é incomum para uma aposta de MMA, o que chamou a atenção das autoridades.

A polícia e o "Gaming Control Board", órgão que regula as apostas em cassinos de Las Vegas, estão investigando o caso. O prêmio a ser pago ao apostador é de 3 milhões e 200 mil dólares (aproximadamente 7 milhões e 200 mil reais). O favorito nas casas de aposta era o brasileiro Anderson Silva. Chris Weidman era o "azarão" do combate e, ao derrotar o brasileiro, provocou o que é chamado de "quebrar a banca".

O revés de Anderson Silva para Weidman entrou para a lista das maiores "zebras" da história do mundo das lutas. O americano, de 28 anos, é o novo campeão dos médios do UFC.

Antes da luta, Spider apontou vitória de Weidman como ideal

Muitas teorias de conspiração têm sido especuladas após a derrota de Anderson Silva no UFC 162. Outra informação polêmica que veicula agora na internet é a de uma aposta suspeita de 1 milhão de dólares (cerca de 2 milhões e 250 mil reais) em Chris Weidman. Segundo o site americano "Middleeasy.com", a identidade do apostador ainda não foi revelada, mas o valor é incomum para uma aposta de MMA, o que chamou a atenção das autoridades.

A polícia e o "Gaming Control Board", órgão que regula as apostas em cassinos de Las Vegas, estão investigando o caso. O prêmio a ser pago ao apostador é de 3 milhões e 200 mil dólares (aproximadamente 7 milhões e 200 mil reais). O favorito nas casas de aposta era o brasileiro Anderson Silva. Chris Weidman era o "azarão" do combate e, ao derrotar o brasileiro, provocou o que é chamado de "quebrar a banca".

O revés de Anderson Silva para Weidman entrou para a lista das maiores "zebras" da história do mundo das lutas. O americano, de 28 anos, é o novo campeão dos médios do UFC.

Antes da luta, Spider apontou vitória de Weidman como ideal