icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
03/11/2014
20:39

Após a derrota do Criciúma para o São Paulo, por 2 a 1, no último domingo, a situação do Tigre ficou ainda mais complicada. Lanterna do Brasileiro, o time catarinense precisa vencer todos os seis restantes jogos do campeonato para escapar do rebaixamento.

Para o atacante Lucca, o Criciúma precisa jogar 'partidas perfeitas' se quiser permanecer na Série A, e pede raça aos companheiros de time.

- É difícil, e temos que jogar partidas perfeitas. Ainda temos chance, não podemos no entregar. Se nos entregarmos, os adversários vão encontrar facilidade. Temos que continuar na pegada. Contra o São Paulo fizemos jogo guerreado, todo mundo tentou. Abrimos no final porque precisávamos da vitória. Mas não podemos nos entregar, a gente sabe que é difícil e a luta continua.

Segundo o jogador, nesta reta final de campeonato, o elenco precisa assumir a responsabilidade pela situação do time e entrar em campo com disposição para vencer, mesmo adversários difíceis.

- Tentamos e guerreamos com o São Paulo, fomos para cima e eles foram felizes. Não vamos desistir, essa batalha temos que levar para o próximo jogo. Este é o momento de não falar, ficar quieto, de boca fechada, bater no peito e assumir a responsabilidade.

No próximo domingo, o Criciúma enfrenta o líder Cruzeiro, no Mineirão, às 19h30 da noite, em partida válida pela 33ª rodada.