icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/11/2013
20:06

O acidente nesta quarta-feira na Arena Corinthians, que vitimou dois operários, pode atrasar em até dois meses a conclusão do local. O estádio é ponto importante no planejamento da Copa do Mundo, uma vez que abrigará o jogo de abertura, que costuma reunir diversas autoridades de várias partes do mundo e ser o cartão de visitas do Mundial.

Apesar da real possibilidade de um atraso, o Comitê Organizador Local da Copa do Mundo de 2014 (COL) está tranquilo em relação à participação do estáido na Copa, que, além do jogo de abertura, recebe também outras cinco partidas.

- Não tem nada a ver uma coisa com a outra. É impossível fazer qualquer previsão neste momento de que isso (acidente) vai atrasar alguma coisa. De qualquer maneira, a gente não pode pensar que se atrasar três meses a obra, o estádio vai estar fora da Copa do Mundo - disse Trade, à agência de notícias Reuters.

Além disso, há o risco de paralisação da obra. O Ministério Público de São Paulo já afirmou que vai pedir o embargo, caso fique comprovado que não há condições adequadas para o retorno ao trabalho no estádio.

- Eu não acredito que vá ficar fora, mas a decisão é da construtora, do Estado, da prefeitura e do Ministério Público de paralisar a obra ou não. Nós não temos a menor condição de fazer (uma avaliação) agora, à distância - completou Trade, sobre o risco de interdição.

A Fifa estipulou que todos os estádios devem estar prontos no dia 31 de dezembro. A Arena estava com 94% de conclusão antes do acidente.

Repórter mostra drama do acidente na Arena Corinthians