icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
25/11/2014
11:54

A partida festiva entre as seleções masters de Brasil e Argentina na Arena das Dunas, em Natal, que contou com o sósia de Caniggia, terminou empatada em 3 a 3. Empatada também ficou a situação dos ex-jogadores Athirson e Mancuso com a Agência Fênix Sports, que promoveu o evento. Segundo os atletas, a organização sabia que o argentino não participaria do jogo.

Apesar das passagens emitidas, a confirmação de que Caniggia não jogaria aconteceu na véspera do evento, quando a delegação argentina chegou a cidade de Natal. De acordo com Athirson, outros jogadores tão deixaram de participar por falta de pagamento do cachê combinado.

- Liguei para o Mancuso, que organizou com o Caniggia. Ele viria, passou os dados, mas teve algum problema. Mancuso vai chegar na Argentina para saber qual foi o problema. Ele não conseguiu embarcar, mas não posso dizer o que aconteceu. Mas ele tinha bilhete, assim como tem bilhete do Sheik, do Viola. Só que estes não receberam o cachê, e eu falei a verdade para eles: 'não estou com o dinheiro na mão'. A minha responsabilidade é receber o cachê e repassar aos demais. Os que vieram já sabiam de tudo isso. Até mesmo o Mancuso na Argentina sabia - declarou o jogador ao Globoesporte.com

Foi Mancuso o responsável pela montagem do time da Argentina. E ele admite que Daniel Cordone, o sósia de Caniggia, jogaria independente da participação ou não do original.

- Nós deixamos tudo claro: 'Caniggia não vem, porque não tem condições de chegar'. Na hora que chegamos ao Brasil, eles queriam continuar com essa história de Caniggia. Eu falei: 'Caniggia não vem. Quer jogo ou não?' Eles estavam sabendo de tudo e agora têm que assumir a responsabilidade. O jogo foi lindo, a torcida foi espetacular. Agora, se ficou alguma dúvida, alguma coisa pendente, quem tem que responder é o André (responsável pela Agência Fênix), não somos nós - afirmou Mancuso.

A versão da organizadora do evento, entretanto, é de que Athirson era o responsável pelas equipes. De responsabilidade da empresa era a emissão das passagens. E que a mundança de Caniggia por Cordone foi feita pelo comando técnico da seleção argentina, sem passar pelo conhecimento da Fênix Sports.

Confira a nota na íntegra!

A FÊNIX SPORTS, agência de Marketing Esportivo, promotora do Desafio Brasil x Argentina realizado no dia 23 de novembro, vem por meio de nota agradecer ao espectadores que comparecera e aos profissionais da mídia que se fizeram presentes ao estádio e esclarecer o lamentável mal entendido ocorrido relacionado aos jogadores Claudio Caniggia e Daniel Cordone.

A FÊNIX SPORTS convidou o ex-jogador ATHIRSON MAZOLLI E OLIVEIRA para que o mesmo convocasse as duas seleções, o que foi feito. Mediante as confirmações DO MESMO, os nomes que iriam compor as duas equipes foram sendo anunciados. Ficou a cargo da FÊNIX SPORTS comprar e emitir as passagens dos atletas, bem como reservar todas as hospedagens em Natal, além do pagamento dos devidos acordos.

A FÊNIX SPORTS foi informada por ATHIRSON e pelo MANCUSO de que CLAUDIO CANIGGIA viria para o jogo e que estaria escalado para o confronto contra a seleção brasileira. O ex-jogador não se apresentou e a FÊNIX SPORTS informados da sua ausência por ATHIRSON nem tampouco MANCUSO.

Antes da partida, o comando técnico da seleção argentina, sabendo da falta de CANIGGIA, colocou em seu lugar DANIEL CORDONE, ex-jogador de Vélez Sarsfield-ARG, Racing-ARG, Newcastle-ING, dentre outro clubes. A mudança não foi informada para a organização, nem para a assessoria para que fosse repassada para imprensa e público presente na Arena das Dunas, permanecendo, assim, a relação passada anteriormente.

DANIEL CORDONE estava relacionado para o desafio desde o começo, tem alguns detalhes parceidos com CLAUDIO CANIGGIA, como a forma de se vestir, mas em nenhum momento confirmamos ser o mesmo.

Outro jogadores que estavam previamente confirmados não puderam comparecer por terem perdido o vôo programado e agendado com destino a Natal. Ambos também acertaram suas vindas com o ex-jogador ATHIRSON, mas não cumpriram com o acordado.

Garantimos que NUNCA, em evento algum promovido pela FÊNIX SPORTS, aconteceu situação semelhante a do último domingo. Deixamos aqui o nosso claro descontentamento com o os selecionadores das duas equipes que deixaram de passar as informações de forma correta, tendo tido a empresa cumprido com suas obrigações com o intuito de proporcionar um evento de alta qualidade ao público, ficando assim um legado de uma grande organização para a cidade.

André Luiz de Paula Moreira da Silva
Diretor da Agência Fênix Sports