icons.title signature.placeholder Luiz Gustavo Moreira
icons.title signature.placeholder Luiz Gustavo Moreira
31/07/2013
14:57

O Botafogo fará, na quinta-feira, contra o Vitória, às 19h30, seu primeiro jogo oficial como mandante no novo Maracanã. Sabendo da importância do apoio da torcida alvinegra nas arquibancadas do estádio, o apoiador Seedorf convocou - nesta quarta - os botafoguenses a lotarem o principal estádio do Rio de Janeiro para ajudar o time dentro de campo.

Na terça-feira, foi a vez do presidente Mauricio Assumpção e do lateral-esquerdo Julio Cesar pedirem que o torcedor lote o Maraca.

- Precisamos sentir a energia deles no estádio. É um convite a todos. O Botafogo está vivendo um ano especial. Se passaram oito meses e perdemos apenas quatro jogos. Vamos precisar do 12º jogador. Sem eles, vai ser mais difícil. Com eles, fica mais fácil. Momentos difíceis ainda virão, mas vamos tentar evitar passar por eles. Sabemos que, durante o jogo, se o torcedor estiver com a gente, vamos nos superar e sair com a vitória. É hora de começar a sonhar, pois mostramos em todos os jogos o que queremos no Brasileiro - disse o camisa 10.

E MAIS
- Sem Renato, poupado, Oswaldo comanda treino de bolas paradas
- Assumpção nega problema com Dória e diz que tem carinho pelo jogador

A história do futebol mostra diversos casos de sucesso quando a torcida abraça o time. E o mais recente deles foi citado pelo holandês: a conquista da Copa Libertadores pelo Atlético, com apoio irrestrito de sua torcida.

- O que o Atlético mostrou na Libertadores com a sua torcida é o que a gente quer criar com o nosso torcedor, que também é apaixonado pelo clube. Se não fosse a energia dos torcedores, talvez não ganhariam a Libertadores. Procuramos fechar com a nossa torcida. Criar um pacto, uma união forte. Sabemos que eles acreditam no nosso trabalho. Ninguém pode ignorar o que estamos fazendo. Acho que é a primeira vez que falo tão explicitamente sobre isso. Nunca consegui ganhar nada sem o torcedor do lado e sabendo que é algo especial.

O Botafogo fará, na quinta-feira, contra o Vitória, às 19h30, seu primeiro jogo oficial como mandante no novo Maracanã. Sabendo da importância do apoio da torcida alvinegra nas arquibancadas do estádio, o apoiador Seedorf convocou - nesta quarta - os botafoguenses a lotarem o principal estádio do Rio de Janeiro para ajudar o time dentro de campo.

Na terça-feira, foi a vez do presidente Mauricio Assumpção e do lateral-esquerdo Julio Cesar pedirem que o torcedor lote o Maraca.

- Precisamos sentir a energia deles no estádio. É um convite a todos. O Botafogo está vivendo um ano especial. Se passaram oito meses e perdemos apenas quatro jogos. Vamos precisar do 12º jogador. Sem eles, vai ser mais difícil. Com eles, fica mais fácil. Momentos difíceis ainda virão, mas vamos tentar evitar passar por eles. Sabemos que, durante o jogo, se o torcedor estiver com a gente, vamos nos superar e sair com a vitória. É hora de começar a sonhar, pois mostramos em todos os jogos o que queremos no Brasileiro - disse o camisa 10.

E MAIS
- Sem Renato, poupado, Oswaldo comanda treino de bolas paradas
- Assumpção nega problema com Dória e diz que tem carinho pelo jogador

A história do futebol mostra diversos casos de sucesso quando a torcida abraça o time. E o mais recente deles foi citado pelo holandês: a conquista da Copa Libertadores pelo Atlético, com apoio irrestrito de sua torcida.

- O que o Atlético mostrou na Libertadores com a sua torcida é o que a gente quer criar com o nosso torcedor, que também é apaixonado pelo clube. Se não fosse a energia dos torcedores, talvez não ganhariam a Libertadores. Procuramos fechar com a nossa torcida. Criar um pacto, uma união forte. Sabemos que eles acreditam no nosso trabalho. Ninguém pode ignorar o que estamos fazendo. Acho que é a primeira vez que falo tão explicitamente sobre isso. Nunca consegui ganhar nada sem o torcedor do lado e sabendo que é algo especial.