icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/12/2013
16:19

O pior dos cenários aconteceu para o técnico Roy Hodgson, da Inglaterra. O comandante britânico havia afirmado ao jornal inglês The Guardian que a Arena da Amazônia seria o pior lugar para se jogar uma partida de futebol para muitos dos países europeus durante a Copa do Mundo. As afirmações trouxeram "azar", e os ingleses terão o confronto contra a Itália, no dia 14 de junho, um dos mais difíceis do grupo, justamente na região norte do país.

As palavras de Hodgson chegaram a repercutir no Brasil, onde o prefeito de Manaus, Arthur Virgilio Neto (PSDB), deu resposta extremamente irritada e desdenhou, inclusive, do futebol apresentado pela equipe inglesa.

Além da Itália, a Inglaterra tem como concorrentes Uruguai e Costa Rica no Grupo D, que pode ser considerada a chave mais dura desta Copa do Mundo, já que terminará necessariamente com um campeão do mundo eliminado ainda na primeira fase. De Manaus, os ingleses partirão para São Paulo para enfrentar, no dia 19 de junho de 2014, o Uruguai. A última rodada, contra a Costa Rica, no dia 24, os ingleses jogarão no Minerão.