icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/03/2014
19:32

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, se reuniu com o ex-presidente do Corinthians e responsável pela construção do estádio alvinegro, André Sanchez, nesta segunda-feira. Após o encontro, o gestor francês afirmou que ainda não há uma resposta sobre quem arcará com os custos das estruturas temporárias do Itaquerão para a Copa do Mundo.

– Os problemas em relação ao estádio (Arena Corinthians) são sempre as estruturas temporárias. Tivemos um encontro hoje, e amanhã (terça-feira) haverá um retorno sobre o que conversamos. Antes de eu deixar o Brasil, haverá uma solução – declarou o homem-forte da Fifa ao UOL Esporte.

Ao ser questionado, nesta segunda-feira, sobre quem pagará pelas instalações no estádio do Corinthians, Valcke não aparentou preocupação.

– Não serei eu, nem você – respondeu o secretário-geral.

Valcke, que ficará no Brasil até quinta-feira devido a compromissos relacionados ao Mundial, havia dito, na semana passada, em solo suíço, que o impasse envolvendo as estruturas temporárias estavam solucionados.

As estruturas temporárias envolvem instalações para acomodar a imprensa, tendas de patrocinadores, telões, aparelhos de ar condicionado, entre outras coisas. Ainda não foi oficializado se tais estruturas serão pagas com dinheiro do Corinthians, da Fifa ou do Governo.