icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/03/2014
18:00

O secretário estadual para Assuntos de Copa do Paraná, Mário Celso Cunha, festejou a avaliação da Comissão de Inspeção da Fifa, realizada neste sábado, na Arena da Baixada. De acordo com o político, ficou comprovado que o estádio deixou de ser o mais atrasado para o Mundial.

– Em termos de atraso, não somos mais. O Itaquerão (Arena Corinthians) é o mais atrasado. E o Beira-Rio e Cuiabá também enfrentam problemas – afirmou Cunha.

Durante a avaliação, os técnicos foram divididos em oito grupos: Competições, Protocolo, Bilheteria e sinalização, Marketing, Hospitalidade, Mídia e TV, Tecnologia e Serviço de Alimentação, Limpeza e Voluntários. E as inspeções não se limitaram só ao interior da Arena da Baixada, mas também em seu lado exterior.

Cunha destacou que o sentimento ao fim da inspeção era de alívio. O avanço conseguido nas obras trouxe a tranquilidade necessária para todos sobre a entrega da Arena da Baixada para a Copa do Mundo.

– O nosso principal problema era a questão de financiamento. Depois que resolvemos essa questão, deslanchamos as obras – frisou Cunha.

Por causa dos problemas com o financiamento, Curitiba chegou a ser ameaçada de exclusão da Copa. Só no dia 18 de fevereiro é que a Fifa reafirmou sua condição de sede.

No sábado, a Arena da Baixada, apesar de não ter sido entregue oficialmente passará por seu primeiro evento-teste. Uma partida entre o time sub-23 do Atlético-PR e uma equipe convidada, celebrará o aniversário de Curitiba.

Mas para esse primeiro jogo, o estádio será liberado para receber um público entre oito mil e dez mil pessoas. Atualmente, 1.300 operários trabalham na Arena da Baixada. A previsão é a de que ela fique pronta no dia 30 de abril.

Na Copa do Mundo, a Arena da Baixada receberá quatro jogos durante a primeira fase: Irã x Nigéria, em 16 de junho; Honduras x Equador, em 20 de junho; Austrália x Espanha, em 23 de junho e Argélia x Rússia, em 26 de junho.

PRÓXIMA PARADA: ARENA PANTANAL

Com a visita a Arena Pantanal, em Cuiabá, no domingo, a entidade máxima do futebol encerra o tour pelos estádios inacabados para a Copa do Mundo. Na quinta-feira, a Fifa esteve na Arena Corinthians, em São Paulo; sexta-feira, no Beira Rio, em Porto Alegre e, neste sábado, na Arena da Baixada, em Curitiba.

Com 97% de suas obras concluídas, a Arena Pantanal passa por ajustes finais para receber o seu primeiro jogo: Mixto x Santos, pela primeira fase da Copa do Brasil, no dia 2 de abril.

Nas últimas semanas a Arena recebeu a instalação das traves, já com o sistema tecnológico que permite ao árbitro, em caso de dúvida, saber se a bola ultrapassou ou não a linha do gol. As demarcações do campo também já foram finalizadas e os testes de iluminação começaram a ser feitos.

Atualmente estão sendo realizadas as instalações dos assentos, limpezas dos camarotes e das áreas comuns.