icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/12/2013
13:03

Destaque da Libertadores, Scocco não mostrou a mesma desenvoltura dos tempos de Newell's Old Boys no Internacional. Contratado por cerca de US$ 6,5 milhões, algo próximo dos R$ 15 milhões, o atacante entrou em campo em 20 partidas e marcou quatro gols. O argentino afirmou que não se sentiu bem nos primeiros meses no clube gaúcho e que precisa de continuidade. O Newell's tem interesse em sua contratação, mas sabe que o retorno é improvável, pelo momento financeiro.

- Sempre quero jogar e ter continuidade. Sou um jogador que não gosta e não se conforma com treinar, estar no bance entrar em 20 ou 30 minutos. Este semestre não me senti bem nem cômodo. Mas sempre trato de dar o máximo em cada treinamento - comentou Scocco para a ESPN da Argentina.

Nacho já deu outras entrevistas falando sobre retorno para a Argentina. E também sobre os meses de Inter. Garante que dará prioridade aos Leprosos ao decidir voltar para seu país de origem. Os dirigentes do Newell's sabem da situação de Scocco e têm interesse em seu retorno, mas a dificuldade esbarra nos valores que o Inter pagou e que o atacante recebe mensalmente. O Colorado se decepcionou com a postura do jogador, que pode ter mais espaço em 2014 com a saída de Leandro Damião.

- Até agora, são só rumores. Quando me perguntam, digo que a ideia de voltar a Argentina sempre vai existir. Tenho minha família, meu povo e meus amigos. Mesmo do que se fala do nosso futebol, é um dos mais lindos. Me encanta como se vive aqui. Quando decidir voltar ao futebol argentino, minha prioridade é o Newell's. Sei que não é fácil pelo dinheiro que o Inter pôs na minha contratação. E pela realidade econômica do Newell's, que está tratando de melhorar o que foi feito errado faz um tempo - cogitou o jogador.