icons.title signature.placeholder Luiz Signor
icons.title signature.placeholder Luiz Signor
19/07/2013
17:09

O Internacional está muito próximo de concretizar as contratações do apoiador Alex, do Al-Gharafa, do Qatar, e do atacante Scocco, destaque do Newell's Old Boys, mas que pertence ao Al-Ain, dos Emirados Árabes Unidos. O Colorado aguarda pelo "sim" dos Sheiks com relação aos valores enviados pelo clube para celebrar contratação da dupla até este sábado, quando a janela para transferências internacionais se encerra. O hermano já foi até aprovado nos exames médicos.

A contratação de Scocco havia sido encaminhada na última quinta e, segundo o LANCE!Net apurou, ele já rescindiu o contrato de empréstimo que tinha com o Newell's, cuja duração era até 31 de agosto. Agora, o Inter aguarda a posição do Al-Ain pelo recebimento dos 6,5 milhões de dólares (R$ 14,5 milhões) investidos pelo Colorado. O trâmite, que passa pelo Banco Central, não é dos mais simples, mas a diretoria colorada mostra otimismo.

Um dos artilheiros da Copa Libertadores deste ano ao lado de Jô e Diego Tardelli com seis gols, Scocco foi submetido a exames médicos nesta sexta, em Rosário, na Argentina. Guilherme Caputo foi o médico colorado responsável por avaliar o hermano, de 28 anos, que está em ótimas condições e, caso não exista nenhum empecilho para o seu registro, assinará contrato de três anos com o Internacional.

Alex (à esquerda) está próximo de ser repatriado pelo Internacional (Foto: Divulgação)

Já a situação envolvendo Alex, de 31 anos, é vista como menos complicada. Campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2006 pelo Colorado, ele também assinará vínculo de três temporadas assim que o Al-Gharafa confirme o recebimento dos valor acertado com o Inter - o trâmite é o mesmo da transferência do argentino.

O Internacional espera que Alex e Scocco possam ser apresentados já no início da próxima semana. Com a chegada do segundo, o Inter terá quatro estrangeiros em seu elenco. Dátolo, D'Alessandro e Forlán são os outros. Bolatti, que também entraria na lista, está se transferindo para a Ponte Preta.

O Internacional está muito próximo de concretizar as contratações do apoiador Alex, do Al-Gharafa, do Qatar, e do atacante Scocco, destaque do Newell's Old Boys, mas que pertence ao Al-Ain, dos Emirados Árabes Unidos. O Colorado aguarda pelo "sim" dos Sheiks com relação aos valores enviados pelo clube para celebrar contratação da dupla até este sábado, quando a janela para transferências internacionais se encerra. O hermano já foi até aprovado nos exames médicos.

A contratação de Scocco havia sido encaminhada na última quinta e, segundo o LANCE!Net apurou, ele já rescindiu o contrato de empréstimo que tinha com o Newell's, cuja duração era até 31 de agosto. Agora, o Inter aguarda a posição do Al-Ain pelo recebimento dos 6,5 milhões de dólares (R$ 14,5 milhões) investidos pelo Colorado. O trâmite, que passa pelo Banco Central, não é dos mais simples, mas a diretoria colorada mostra otimismo.

Um dos artilheiros da Copa Libertadores deste ano ao lado de Jô e Diego Tardelli com seis gols, Scocco foi submetido a exames médicos nesta sexta, em Rosário, na Argentina. Guilherme Caputo foi o médico colorado responsável por avaliar o hermano, de 28 anos, que está em ótimas condições e, caso não exista nenhum empecilho para o seu registro, assinará contrato de três anos com o Internacional.

Alex (à esquerda) está próximo de ser repatriado pelo Internacional (Foto: Divulgação)

Já a situação envolvendo Alex, de 31 anos, é vista como menos complicada. Campeão da Libertadores e do Mundial de Clubes em 2006 pelo Colorado, ele também assinará vínculo de três temporadas assim que o Al-Gharafa confirme o recebimento dos valor acertado com o Inter - o trâmite é o mesmo da transferência do argentino.

O Internacional espera que Alex e Scocco possam ser apresentados já no início da próxima semana. Com a chegada do segundo, o Inter terá quatro estrangeiros em seu elenco. Dátolo, D'Alessandro e Forlán são os outros. Bolatti, que também entraria na lista, está se transferindo para a Ponte Preta.