icons.title signature.placeholder Igor Siqueira
13/07/2014
22:11

Bastian Schweinsteiger foi um dos jogadores que mais curtiram a Copa no Brasil. A relação com o país ficou tão estreita durante o tempo no qual a seleção da Alemanha passou por aqui na campanha do tetracampeonato mundial que o craque alemão falou que o time entrou em campo contra a Argentina, na decisão, também pelo povo brasileiro.

- O Brasil é uma grande nação do futebol, chegou às semifinais, e isso também é um sucesso. Os jogadores não estão felizes por terem perdido para nós e depois para a Holanda. Mas para nós foi incrível, as pessoas foram tão legais, tiveram tanto respeito. Jogamos pelos brasileiros também. Sei que há a rivalidade com a Argentina. Jogamos por essas pessoas. Foi um torneio incrível, não por causa do título, mas pelas pessoas - disse o volante.

Sem esconder a satisfação pela conquista no Maracanã neste domingo, Schweni ainda cornetou o fato de o prêmio de melhor da Copa ter ido para Messi, em eleição feita pela Fifa.

- Quando um jogador consegue isso, você tem que mostrar respeito, dar parabéns, mas tenho outra opinião. Quando vejo caras como Müller, Neuer e Lahm, que fizeram um torneio incrível, acho que eles poderiam ter ganho. Mas eles estão mais felizes com o título - acrescentou, exibindo no rosto a marca do esforço e da luta dentro de campo, depois de ser atingido por Agüero:

- Isso não é nada. Eu tenho o objeto dourado, o mais importante.