icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/06/2014
15:53

Depois de ficar seis meses em coma em decorrência de um acidente esquiando, o heptacampeão mundial de Fórmula 1, Michael Schumacher, acordou e já foi transferido para um hospital mais perto de onde reside sua família. Segundo a publicação, o ex-piloto chegou a perde 20 kg e, no momento da transferência, estava acordado.

Todo processo foi feito de forma sigilosa para que não houvesse tumulto. Os funcionários que fizeram o trajeto só foram informados de quem era o paciente na hora da transferência, tendo que deixar seus celulares com outras pessoas para que não passassem nenhuma informação.

Durante o trajeto, que aconteceu na segunda-feira, o piloto, que já estava consciente, se "comunicou" através dos "olhos", mostrando estar ciente dos chamados feitos pelos médicos e familiares.

A assessora do alemão, Sabine Kehm, pediu compreensão por parte dos fãs e agradeceu aos médicos de Grenoble.

O Hospital Universitário de Lausanne faz pesquisas e testes neurociência para cuidados especializados com relação a lesões cerebrais. Especialistas têm desenvolvido métodos especiais para pacientes em coma, como estimulação dos cinco sentidos, mobilidade e atividade cerebral.