icons.title signature.placeholder Bruno Quaresma e Marcio Porto
03/12/2013
06:00

Depois de ficar muito perto de um acerto no fim do ano passado, o São Paulo volta a demonstrar interesse no atacante Eduardo Vargas. O clube busca reforços para o ataque e vê o chileno com as características ideais para dar boa opção a Muricy Ramalho.

Houve algumas consultas e as conversas podem esquentar no fim da semana, quando um dos representantes do jogador chegar ao Brasil. Vargas pertence ao Napoli (ITA), está emprestado ao Grêmio até o fim desta temporada e os gaúchos não devem fazer muito esforço para mantê-lo para 2014.

A diretoria do Tricolor sabe que a negociação não é simples. Primeiro porque tem o histórico da desgastante novela de dezembro passado. Segundo que o Santos também está interessado e tem conversas bem mais avançadas.

De acordo com o que foi informado ao Tricolor, o Napoli pensa em negociar Vargas em definitivo. Os italianos pedem cerca de 8 milhões de euros, mas aceitam liberar por um valor um pouco inferior.

O aspecto financeiro dificulta. A diretoria está de olho no mercado e tem sondado a situação de vários jogadores para encontrar as melhores alternativas.

Vargas era visto como o substituto ideal para Lucas, que deixou o Tricolor no fim do ano passado. No primeiro semestre desta temporada, o então técnico Ney Franco teve dificuldades para encaixar o time com a saída do camisa 7.

Na seleção do Chile, o atacante tem moral com o técnico Jorge Sampaoli. Em dois amistosos contra o Brasil em 2013, Vargas foi o autor de dois gols e estará na Copa.

De estrangeiros, o São Paulo tem em seu elenco Clemente Rodríguez e Cañete, que voltou de empréstimo da Portuguesa.