icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/07/2013
07:00

O São Paulo conseguiu mais uma vez neste Campeonato Brasileiro terminar uma partida com menos de 11 jogadores. Diante do Vitória, no Barradão, o volante Wellington recebeu o quinto cartão vermelho do Tricolor na competição, "ajudando" a equipe a disparar na liderança como o time mais indisciplinado deste Nacional - a Portuguesa, segunda no ranking, tem dois vermelhos.

O clube do Morumbi, agora treinado por Paulo Autuori, já soma além das cinco expulsões, 31 cartões amarelos. A marca só nao é maior que a do Bahia, com 32. Por outro lado, os baianos têm apenas um vermelho neste início de Brasileirão.

Os são-paulinos que já foram para o chuveiro mais cedo são: Edson Silva, após segundo amarelo contra a Ponte Preta; Denilson, com vermelho direto diante do Atlético-MG; Luis Fabiano e Clemente Rodríguez, ambos expulsos depois do segundo amarelo na derrota para o Bahia; e Wellington, também após segundo amarelo, no duelo com o Vitória.

O São Paulo conseguiu mais uma vez neste Campeonato Brasileiro terminar uma partida com menos de 11 jogadores. Diante do Vitória, no Barradão, o volante Wellington recebeu o quinto cartão vermelho do Tricolor na competição, "ajudando" a equipe a disparar na liderança como o time mais indisciplinado deste Nacional - a Portuguesa, segunda no ranking, tem dois vermelhos.

O clube do Morumbi, agora treinado por Paulo Autuori, já soma além das cinco expulsões, 31 cartões amarelos. A marca só nao é maior que a do Bahia, com 32. Por outro lado, os baianos têm apenas um vermelho neste início de Brasileirão.

Os são-paulinos que já foram para o chuveiro mais cedo são: Edson Silva, após segundo amarelo contra a Ponte Preta; Denilson, com vermelho direto diante do Atlético-MG; Luis Fabiano e Clemente Rodríguez, ambos expulsos depois do segundo amarelo na derrota para o Bahia; e Wellington, também após segundo amarelo, no duelo com o Vitória.