icons.title signature.placeholder Guilherme Palenzuela
icons.title signature.placeholder Guilherme Palenzuela
07/07/2013
15:39

O São Paulo tem duas propostas de empréstimo de clubes europeus pelo volante Wellington. A Inter de Milão (ITA) e o Galatasaray (TUR) apresentaram ofertas por um ano e o Tricolor já as aceitou, mas colocou uma cláusula contratual.

As duas equipes europeias querem contar com o jogador até o meio da temporada de 2014. Os valores foram aceitos pela diretoria tricolor, mas o clube do Morumbi pede uma cláusula de compra com valor fixado após o término do vínculo. Com isso, o time italiano e o turco precisam concordar com as condições do São Paulo.

O vice-presidente do futebol do Tricolor, João Paulo de Jesus Lopes, acredita que será difícil manter o volante na equipe até o final da temporada.

- Há uma forte possibilidade de sair. O jogador nos procurou - declarou o dirigente, à rádio Jovem Pan, na chegada do elenco tricolor ao estádio do Morumbi para o clássico diante do Santos.

No fim do ano passado, a diretoria do São Paulo e Wellington davam como certa a renovação de contrato. O atual vínculo do volante vai até o fim de 2015, mas foi firmado no início de 2011, e tem valor salarial defasado em relação a outros jogadores importantes da equipe. No entanto, apesar do otimismo por uma valorização, até agora nada mudou. Se ficar no São Paulo e não for transferido, o atleta deve receber uma compensação financeira.

Wellington terminou 2012 como um dos principais atletas do time, mas não manteve o nível neste ano. Neste domingo, será titular ao lado de Denilson, já que, com a lesão de Douglas, Rodrigo Caio será deslocado à lateral-direita.

O São Paulo tem duas propostas de empréstimo de clubes europeus pelo volante Wellington. A Inter de Milão (ITA) e o Galatasaray (TUR) apresentaram ofertas por um ano e o Tricolor já as aceitou, mas colocou uma cláusula contratual.

As duas equipes europeias querem contar com o jogador até o meio da temporada de 2014. Os valores foram aceitos pela diretoria tricolor, mas o clube do Morumbi pede uma cláusula de compra com valor fixado após o término do vínculo. Com isso, o time italiano e o turco precisam concordar com as condições do São Paulo.

O vice-presidente do futebol do Tricolor, João Paulo de Jesus Lopes, acredita que será difícil manter o volante na equipe até o final da temporada.

- Há uma forte possibilidade de sair. O jogador nos procurou - declarou o dirigente, à rádio Jovem Pan, na chegada do elenco tricolor ao estádio do Morumbi para o clássico diante do Santos.

No fim do ano passado, a diretoria do São Paulo e Wellington davam como certa a renovação de contrato. O atual vínculo do volante vai até o fim de 2015, mas foi firmado no início de 2011, e tem valor salarial defasado em relação a outros jogadores importantes da equipe. No entanto, apesar do otimismo por uma valorização, até agora nada mudou. Se ficar no São Paulo e não for transferido, o atleta deve receber uma compensação financeira.

Wellington terminou 2012 como um dos principais atletas do time, mas não manteve o nível neste ano. Neste domingo, será titular ao lado de Denilson, já que, com a lesão de Douglas, Rodrigo Caio será deslocado à lateral-direita.