icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/07/2014
17:42

Aos 25 anos, o atacante Mazola quer vingar no Figueirense. Contratado durante a pausa para a Copa do Mundo, o jogador foi apresentado no clube alvinegro nesta quarta-feira. Ex-promessa da base do São Paulo, o atleta lembrou de companheiros do time paulista que fizeram sucesso rapidamente e comentou sobre o rebaixamento do Guarani em 2010, onde atuava na época.

– Cheguei ao São Paulo aos nove anos e é difícil ser só promessa e ver seus companheiros, como o Oscar (do Chelsea) e o Lucas (do PSG), vingarem e você não. Eu fui do céu ao inferno em 2010 com o Guarani. Comecei muito bem e fiz uma boa temporada, mas o rebaixamento do time me prejudicou. Quando voltei ao São Paulo ninguém ligava para o que eu fiz, ficou a imagem de jogar rebaixado – revelou.

E MAIS:
> Por apoio da torcida, Figueirense vende ingressos a partir de R$1
> Ex-superintendente do Figueirense, Rodrigo Pastana assume direção de futebol do Bahia
> Kléber elogia Argel e diz que tem 'mais liberdade para chegar ao ataque'

No Figueira, atual lanterna do Brasileirão, Mazola quer ver um desfecho diferente do que vivenciou no time de Campinas em 2010. O atacante destacou a oportunidade no Figueirense como um recomeço e espera evitar a queda para a Série B do Campeonato Brasileiro.

– Estou encarando essa chance como a única da minha vida. O Figueirense está na mesma situação que o Guarani estava. Quero ajudar o clube a sair dessa situação, pois quando o Guarani caiu deu até vontade de parar de jogar. A equipe já conta com outros bons atacantes, e espero voltar a pegar ritmo de jogo rapidamente para ficar a disposição do Argel e ajudar o Figueirense a sair deste momento difícil na tabela.