icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/03/2014
21:31

O São Paulo gosta do apelido Soberano. Não perde a oportunidade de exaltar as conquistas internacionais e o tricampeonato brasileiro consecutivo. A sala de troféus do Morumbi, no entanto, ainda aguarda pela chegada da Copa do Brasil. A taça, antes desdenhada pelo time identificado com a Copa Libertadores da América, é o objetivo principal do Tricolor a partir desta quarta-feira, às 22h, quando visita o CSA no estádio Rei Pelé.

A partida em Maceió é a primeira dos são-paulinos na edição de 2014 da competição nacional. A estreia também será de Alexandre Pato, emprestado pelo Corinthians em troca que levou Jadson ao Parque São Jorge. O camisa 11 não pode entrar em campo no Campeonato Paulista e viveu cerca de um mês de expectativas pelo debute pela nova equipe até ser confirmado por Muricy Ramalho como titular.

O técnico, no entanto, ainda esconde se irá sacar Osvaldo ou Dorlan Pabon para a entrada de Pato. O atacante entrará terá a companhia do volante Wellington como novidades em relação à vitória por 3 a 2 sobre o Corinthians no último domingo. Dessa maneira, Muricy terá força máxima para encarar o CSA, embalado por goleada por 7 a 1 sobre o CSE pela 3ª rodada do Campeonato Alagoano.

Tricampeão brasileiro pelo São Paulo, Muricy Ramalho também persegue a Copa do Brasil. Os últimos anos vitoriosos, que levavam à disputa da Libertadores, afastou o treinador da competição. Ano passado, iniciou a caminhada com o Santos, mas foi demitido após duas fases. A participação anterior aconteceu apenas em 2005, ainda no comando do Internacional.

O título 'perdido' da recheada galeria tricolor pode dar sobrevida à desgastada gestão de Juvenal Juvênio. Pode reerguer o moral de um time que esteve perto de ser rebaixado no Campeonato Brasileiro de 2013. O clube, os ídolos Rogério Ceni e Muricy Ramalho, a aposta Alexandre Pato. Todos no São Paulo esperam pelo título da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA:
CSA x SÃO PAULO

Local: Rei Pelé, Maceió (AL)
Data/Hora: 12/03/2014 - 22h
Árbitro: Renan Roberto de Souza (PB)
Assistentes: Luis Filipe Gonçalves Correa e Oberto da Silva Santos (ambos da PB)

CSA: Pantera; Pedro Silva, Roberto Dias, Tiago Garça e Mineiro; Charles Vagner, Lucas e Daniel Costa; Diego Clementino, Jeferson Maranhense e Josimar. Técnico: Oliveira Canindé

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rodrigo Caio, Antonio Carlos e Alvaro Pereira; Wellington, Maicon e Ganso; Pabon, Alexandre Pato e Luis Fabiano. Técnico: Muricy Ramalho