icons.title signature.placeholder Marcio Porto
26/11/2014
09:30

O departamento de marketing está confiante de que iniciará 2015 com o leque de patrocinadores para a camisa fechado. O clube negocia com empresas de quatro setores distintos e garante: já possui propostas no mesmo patamar do que lucrava com a Semp Toshiba, patrocinadora master até julho deste ano. O acordo rendia cerca de R$ 17 milhões anuais.

Segundo o marketing são-paulino, uma montadora, uma empresa do mercado financeiro, outra de eletrônicos, além de mais uma do ramo de tecnologia estão em negociação há cerca de 45 dias. A ideia é fechar com três, porque o clube pretende adotar um modelo diferente de exposição de marcas a partir do ano que vem.

As três marcas se revezariam entre o master, a manga e as costas da camiseta. Pagariam valor menor do que se fosse apenas um master, mas, com a soma, o clube acredita ser possível alcançar valor superior à Semp.

Para atrair os parceiros, o São Paulo diz até que aceita ceder os espaços de sua camisa de graça nos jogos que faltam este ano. O clube descartou fechar patrocínios pontuais.