icons.title signature.placeholder Bruno Grossi
03/04/2014
15:04

A diretoria do São Paulo não quer ver o time parado durante a realização da Copa do Mundo entre junho e julho. Para isso, o vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes viajou aos Estados Unidos para negociar a realização de amistosos com equipes participantes da Major League Soccer (MLS), a liga de futebol norte-americana.

Os dirigentes tricolores têm boa relação com a liga do país, chegando até a mandar jogadores formados nas categorias de base do clube para serem escolhidos pelas equipes locais. O volante Juninho, por exemplo, retornou diversas vezes para fazer a pré-temporada no CT da Barra Funda, mas sempre era chamado de volta pelo Los Angeles Galaxy. Além disso a seleção norte-americana ficou durante dez treinando na Barra Funda no mês de janeiro e usará o local durante o Mundial.

- Foram apenas sete dias de viagem, então foi um pouco corrido para tentar resolver essa questão. Não queremos deixar o time parado e ao mesmo tempo queremos fugir do clima de Copa do Mundo. Penso que os Estados Unidos ficarão um pouco a parte disso tudo - explicou João Paulo em entrevista ao LANCE!Net.

Os clubes norte-americanos, no entanto, não são as únicas opções da diretoria do São Paulo. O vice-presidente de futebol garante que outras negociações serão conduzidas para manter o elenco tricolor em atividade na intertemporada provocada pelo Mundial no Brasil.