icons.title signature.placeholder Bruno Quaresma e Marcio Porto
20/11/2013
20:45

O clima de festa dos são-paulinos deu lugar a um cenário de tensão. Torcedores do clube entraram em conflitos com a Polícia Militar na região do estádio do Morumbi, nesta quarta-feira, momentos antes do início da semifinal da Copa Sul-Americana, contra a Ponte Preta.

No tumulto, a Cavalaria da PM entrou em ação. Cavalos derrubaram alguns torcedores, que ficaram assustados. Acuada, a torcida começou a gritar "Sem violência", bordão também utilizado durante os protestos pelo Brasil no meio do ano. A frase se refere à forma de conduta dos policiais que, em muitas vezes, abusaram da força para lidar com os manifestantes.

Em decorrência do clima de tensão, os torcedores pararam de cantar por alguns momentos. Do lado de fora, a torcida já entoava uma nova música, que não tem palavrões ou ofensas aos rivais e simplesmente exalta o apoio ao Tricolor.

Mais de 51 mil ingressos foram vendidos antecipadamente para o confronto desta quarta-feira. O jogo também é especial para Rogério Ceni, que iguala o recorde de Pelé (1.116 jogos) e, ao lado do Rei do futebol, se torna o jogador que mais vezes atuou por um clube brasileiro.