icons.title signature.placeholder Russel Dias
02/06/2014
15:39

Assim como as duas vitórias seguidas, o Santos também repetiu a dose no prejuízo. O clube teve que pagar exatos R$ 17. 784, 49 para jogar no estádio 1º de Maio, em São Bernardo, para enfrentar o Criciúma pela nona rodada do Brasileirão, de acordo com o boletim financeiro divulgado pela CBF. Já no jogo contra o Flamengo, no Morumbi, o Peixe teve que desembolsar R$ 15 mil, já que não pode jogar na Vila Belmiro, que está cedida à Fifa para a Copa do Mundo.

Com os 5.136 ingressos vendidos no último domingo o Peixe arrecadou R$ 74.100,00, mas teve que gastar R$ 91.884,89 com despesas relacionadas a policiamento, observação, aluguel, serviço de ingressos e delegado observador.

Os ingressos aliás, foi o fator que mais contribuiu para o prejuízo. Foram disponibilizados para comercialização 11.277, mas só 5.136 foram vendidos, e 6.141 tiveram que ser devolvidos.

A Vila Belmiro está reservada para a seleção da Costa Rica treinar e permanecerá interditada até o fim da Copa do Mundo. O Alvinegro enfrenta o Palmeiras no dia 15 de julho, como mandante, mas ainda não tem local definido.