icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/07/2013
12:38

A delegação do Santos está presa no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, devido ao mau tempo que paralisa os voôs para Uberlândia-MG, local onde o elenco desermbarcará e pegará ônibus rumo à Catalão-GO, palco do confronto com o Crac, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Com o fechamento do aeroporto mineiro para pousos e decolagens, os jogadores, que saíram da Baixada Santista às 9h, estão no aguardo de uma liberação para seguir viagem. Segundo a assessoria do clube, a expectativa é que eles consigam embarcar nesta tarde, tendo chegada prevista para o fim da noite.

Por conta do atraso, o treino previsto em Catalão, na Associação dos Empregados Fosfertil, às 16h, já foi cancelado. A partida diante dos goianos, no entanto, não corre o risco de ser se adiada.

Caso o problema persista, o Alvinegro terá de viajar nesta quarta-feira, horas antes do duelo decisivo.

A delegação do Santos está presa no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, devido ao mau tempo que paralisa os voôs para Uberlândia-MG, local onde o elenco desermbarcará e pegará ônibus rumo à Catalão-GO, palco do confronto com o Crac, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil.

Com o fechamento do aeroporto mineiro para pousos e decolagens, os jogadores, que saíram da Baixada Santista às 9h, estão no aguardo de uma liberação para seguir viagem. Segundo a assessoria do clube, a expectativa é que eles consigam embarcar nesta tarde, tendo chegada prevista para o fim da noite.

Por conta do atraso, o treino previsto em Catalão, na Associação dos Empregados Fosfertil, às 16h, já foi cancelado. A partida diante dos goianos, no entanto, não corre o risco de ser se adiada.

Caso o problema persista, o Alvinegro terá de viajar nesta quarta-feira, horas antes do duelo decisivo.