icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
04/11/2014
21:31

De olho em uma vaga na final da Copa do Brasil, Santo e Cruzeiro se enfrentaram pelo jogo de volta da semifinal nesta quarta-feira, às 22 horas, na Vila Belmiro. No primeiro duelo, no Mineirão, a Raposa venceu por 1 a 0, fato parecido com a decisão de 12 anos atrás.

Em 2000, as equipes se encontraram na mesma fase da competição, e no primeiro confronto, em Belo Horizonte, o mandante venceu por 2 a 0. No estádio do Peixe, o resultado foi um empate em 2 a 2, o que culminou na classificação dos mineiros e depois no título em cima do São Paulo.

Para não repetir o feito de 2000, o técnico do Santos, Enderson Moreira, não terá os atacantes Geuvânio e Thiago Ribeiro, ambos relacionados, mas terá casa cheia, com todos os ingressos vendidos e o apoio da torcida.

- O papel do torcedor é o mais importante. A Vila apresenta uma condição muito boa, mas o poder do nosso torcedor, de motivar, é fundamental - disse o técnico.

Além do estádio a seu favor, Enderson tem na principal arma do Alvinegro uma motivação a mais. Segundo ele, Robinho irá com força máxima para o confronto.

- A motivação do Robinho é extrema, num astral muito bom, ele quer muito vencer. O Robinho é especial, pode num lance fazer algo inesperado e surpreender o adversário - concluiu.

JOVENS DESFALCAM O CRUZEIRO

A Raposa tem dois importantes desfalques para o duelo no litoral paulista. Marquinhos já atuou pelo Vitória na competição e não pode entrar em campo. Alisson está lesionado e também não reúne condições de atuar.

 A vaga que poderia ser ocupada por estes atletas terá Willian, recuperado de uma fissura na costela. O jogador vinha apresentando dificuldades para respirar, mas treinou normalmente e está à disposição da comissão técnica.

Ausente do triunfo sobre o Botafogo, por cansaço muscular, Ricardo Goulart retoma a titularidade. O meia-atacante entra na posição ocupada por Júlio Baptista e forma a linha de frente ao lado de Éverton Ribeiro, Willian e Marcelo Moreno.

A defesa não tem novidades, apesar da recuperação de Manoel. O jogador não atua desde o resultado positivo frente ao Vitória, no Barradão, em Salvador. Ele deve ficar entre os suplentes nesta quarta. O sistema, portanto, será formado por Fábio, Mayke, Léo, Dedé e Egídio.

A contenção do meio de campo não sofrerá modificações também. Lucas Silva atuará no local ao lado de Henrique. O jovem volante, inclusive, é quem comenta a partida perante o Peixe, no meio de semana.

– Eu gosto particularmente desse tipo de jogo, porque são decisivos e ficam marcados na história. Uma vitória vai nos marcar muito bem na história do Cruzeiro, chegando a uma final. A gente está num momento em que tem possibilidade de marcar história pelo Cruzeiro – afirmou.


FICHA TÉCNICA

SANTOS x CRUZEIRO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/Hora: 5 de novembro de 2014, às 22h
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Cleriston Clay Barreto Rios (SE)

SANTOS: Aranha, Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Mena; Alison (Renato), Arouca e Lucas Lima; Rildo (Jorge Eduardo), Robinho e Gabriel. Técnico: Enderson Moreira.

CRUZEIRO: Fábio, Mayke, Dedé, Léo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian e Marcelo Moreno. Técnico: Marcelo Oliveira.