icons.title signature.placeholder Bruno Giufrida
08/11/2013
14:00

Santos, Corinthians e Vasco tem, ao menos, uma coisa em comum: o interesse pelo meia-atacante Marlone, de apenas 21 anos. O jogador, que se destacou pelo clube carioca nesta temporada, deve escolher um dos três. Para vencer a corrida pelo atleta, contudo, as equipes terão de mostrar suas “armas”. Apesar do interesse, os dois times paulistas ainda não fizeram propostas oficiais pelo jovem.

Em situações parecidas e não muito boas, os três clubes possuem prós e contras. Primeiro a entrar na concorrência pelo meia-atacante, o Santos não vive um bom momento. O técnico Claudinei Oliveira não sabe se permanecerá no comando da equipe, já que seu vínculo se encerra em dezembro, e a diretoria ainda estuda a possível contratação de um novo treinador.

Após a saída de Neymar, o Peixe iniciou uma reformulação. Em seguida, o técnico Muricy Ramalho deixou o clube, e Claudinei, que dirigia o sub-20, assumiu o profissional. Desde então, jogadores da base foram promovidos, outros chegaram, mas a situação do time no Brasileirão não sofreu grandes alterações.

Atualmente, o Santos está na 9ª posição no Campeonato Brasileiro, com 44 pontos, nove atrás do Botafogo, primeiro time no G4. A seis rodadas do término da competição, o Alvinegro da Vila Belmiro ainda sonha com uma vaga na Libertadores, mesmo sabendo que a missão é difícil.

O Corinthians, mais novo concorrente na disputa pelo Marlone, também não passa pelo melhor período dos últimos tempos. Recentemente, a equipe foi eliminada da Copa do Brasil e desde então, está em um momento conturbado. A diretoria do clube, inclusive, já discutiu a saída do técnico Tite, mas os jogadores pediram e ele foi mantido no cargo.

No Brasileirão, o Timão não possui muitas chances de ir à Libertadores, mas ainda corre risco de rebaixamento. Com 42 pontos, o time do Parque São Jorge está na 12ª colocação, a 11 pontos do Botafogo, primeiro do G4, e a seis do Vasco, primeiro na zona de rebaixamento.

Em 2014, contudo, a equipe do técnico Tite, ao contrário do Santos, terá um novo estádio. Praticamente pronta, a Arena Corinthians, palco de jogos da Copa do Mundo, será inaugurada e pode ser um atrativo para Marlone tomar sua decisão.

Já o Vasco, que sofre com o assédio dos dois clubes paulistas pela sua revelação, tenta segurar o meia-atacante. A situação no Brasileirão, entretanto, pode ser um ponto negativo.

Recentemente, Adilson Batista assumiu o comando do time carioca em busca da reabilitação na competição. Atualmente, o Cruz-Maltino está na 17ª colocação, primeira posição na zona de rebaixamento, empatado com o Fluminense com 36 pontos ganhos.

A equipe do Rio de Janeiro detém 60% dos direitos econômicos de Marlone, enquanto o restante pertence a empresários. Como o LANCE!Net informou, o jogador tem declarado a pessoas próximas que deseja permanecer no Vasco, mas recentemente recusou uma proposta de renovação contratual.

O fato de já estar habituado com os companheiros e com a rotina pode ser um atrativo para o jogador renovar com o Cruz-Maltino. Um possível rebaixamento, contudo, diminuiriam as chances de permanência.