icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci
27/11/2013
07:07

Depois de negociar com Ney Franco e esbarrar na multa contratual do treinador e condições exigidas pelo atual comandante do Vitória, o Santos aposta agora na contratação de Oswaldo de Olivieira, cujo vínculo com o Botafogo se encerra em dezembro.

Querido pelo presidente Odílio Rodrigues e visto com bons olhos pela maioria do Comitê de Gestão alvinegro, Oswaldo já ouviu uma oferta do Peixe e mostrou interesse. Há pessoas influentes na Vila Belmiro que dão o acordo com ele como certo, mas a permanência do técnico no Rio de Janeiro não está descartada.

A diretoria do Botafogo diz que irá procurá-lo para tratar de renovação apenas após o término do Brasileirão, já ciente se disputará a Libertadores do ano que vem ou não. Atualmente o time é o quinto colocado do Brasileirão. Apesar de desgastado com parte da torcida do Fogão, Oswaldo não deve deixar o cargo caso consiga a classificação para o torneio continental, por isso, o Peixe "seca" a equipe carioca.

O Santos está disposto a pagar R$ 350 mil para Oswaldo, que, caso vá para o clube, levará consigo o auxiliar-técnico Luiz Alberto. Existe também a possibilidade do preparador físico Ricardo Henriques acompanhá-lo.

O treinador teve passagem rápida e apagada pela Vila Belmiro no começo de 2005. Rodado, ele já passou por vários grandes clubes do Brasil, como Corinthians, Flamengo, São Paulo, Fluminense, Cruzeiro, entre outros.

Paulo Autuori, desempregado, é a opção C do Peixe, que já anunciou que Claudinei Oliveira não seguirá no clube em 2014.