icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci
icons.title signature.placeholder Bruno Cassucci
20/07/2013
16:26

O Santos encerrou a procura por jogadores de clubes do exterior. O vice-presidente Odílio Rodrigues afirmou que não há chance de qualquer jogador ser contratado neste sábado, dia em que fecha a janela para contratação de atletas que estão fora do Brasil.

No entanto, o Peixe ainda pode trazer jogadores de clubes brasileiros ou que estão sem contrato. É o caso de Saviola, atacante que rescindiu contrato com o Málaga (ESP), e segue na mira.

- Fizemos três contratações pontuais, duas laterais e um atacante. Esse era o planejamento da gente - disse o dirigente, antes de complementar.

- O Misael entra em outra condição, ele tem potencial muito grande, mas está vindo para o Santos muito mais numa condição de jogador para o futuro. Tem muito pra desenvolver - afirmou.

Nesta janela, o Peixe trouxe Cicinho (Ponte Preta), Mena (Universidad de Chile), Misael (Grêmio) e Thiago Ribeiro (Cagliari). Pelo primeiro, pagou pouco mais de R$ 6 milhões. O lateral chileno custou R$ 10 mi, mesmo preço do atacante. Já o jovem volante chega por empréstimo de dois anos.

O Santos encerrou a procura por jogadores de clubes do exterior. O vice-presidente Odílio Rodrigues afirmou que não há chance de qualquer jogador ser contratado neste sábado, dia em que fecha a janela para contratação de atletas que estão fora do Brasil.

No entanto, o Peixe ainda pode trazer jogadores de clubes brasileiros ou que estão sem contrato. É o caso de Saviola, atacante que rescindiu contrato com o Málaga (ESP), e segue na mira.

- Fizemos três contratações pontuais, duas laterais e um atacante. Esse era o planejamento da gente - disse o dirigente, antes de complementar.

- O Misael entra em outra condição, ele tem potencial muito grande, mas está vindo para o Santos muito mais numa condição de jogador para o futuro. Tem muito pra desenvolver - afirmou.

Nesta janela, o Peixe trouxe Cicinho (Ponte Preta), Mena (Universidad de Chile), Misael (Grêmio) e Thiago Ribeiro (Cagliari). Pelo primeiro, pagou pouco mais de R$ 6 milhões. O lateral chileno custou R$ 10 mi, mesmo preço do atacante. Já o jovem volante chega por empréstimo de dois anos.