icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/03/2014
10:00

Quando o elogio vem da arquibancada é mais do que normal, mas após a goleada de 5 a 2 do Santos sobre o Mogi Mirim nesta quinta-feira, foram os jogadores quem enalteceram a atuação do time. Ao final da partida alguns deles deram declarações a respeito da ofensividade alvinegra.

- No primeiro tempo a gente criou muito, conseguiu envolver o Mogi e já poderíamos sair com a vitória. No segundo tempo fizemos o gol, eles conseguiram o empate, e nós fizemos mais três. Pelas triangulações, conseguimos chegar ao gol do Mogi por todos os lados e poderíamos ter feito mais - analisou Thiago Ribeiro.

O zagueiro Neto, que por diversas vezes subiu ao ataque junto com Cicinho, afirmou que o Pexe não vai abandonar a maneira de jogar, nem sequer na segunda fase, quando provavelmente terá alguns clássicos pela frente.

- Nosso time é muito ofensivo, então algumas vezes deixou espaço por conta da ofensividade. Não vamos deixar de jogar assim. Estamos nos ajustando aos poucos. Criamos bastante, e esse é nosso jogo, vamos encaixando para no mata-mata estarmos 100% - disse o camisa 2.

Por fim, Arouca se mostrou mais focado em manter o bom desempenho. O volante já tem dois gols no campeonato, um deles foi marcado nesta goleada.

- Temos a semana inteira depois do Oeste para trabalhar, o professor tem fortalecido o que ele quer da equipe, porque está chegando o momento decisivo, se errar é fatal. A equipe está nesse crescimento, espero manter assim.

O próximo jogo do Santos é no domingo, contra o Oeste, às 18h30, na Vila Belmiro.