icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/07/2013
08:56

Olimpia e Santa Fé começam nesta terça-feira a disputar um lugar na final da Copa Libertadores da América. O vencedor deste duelo enfrentará na decisão Atlético Mineiro ou Newell's Old Boys, que jogam seu primeiro duelo nesta quarta-feira.

Como fez a segunda melhor campanha na fase de grupos, só perdendo para o Atlético Mineiro, o Santa Fé jogará a partida de volta em Bogotá. Para este primeiro confronto, no Defensores del Chaco, em Assunção, a equipe colombiana chega embalada pelo bom momento.

No Campeonato Colombiano, o Santa Fé já está garantido na decisão do Torneio Apertura com uma rodada de antecipação. Há de se lembrar que o futebol não parou na Colômbia por conta da Copa das Confederações e o Santa Fé chega, portanto, embalado.

Com mais tradição na Libertadores que o seu adversário desta noite, o Olimpia alcançou as semifinais com o peso de ter eliminado o campeão brasileiro, Fluminense, nas quartas de final. Outra vantagem da equipe é o fato de ainda não ter perdido no Defensores del Chaco na edição atual do torneio continental. No Torneio Apertura do Campeonato Paraguaio o clube não fez boa campanha, como priorizou a Libertadores acabou terminando em quinto.

O Rei de Copas, como é conhecido no Paraguai pelos títulos nas Libertadores de 1979, 1990 e 2002, poderá ter três reforços vindos do futebol argentino diante do Santa Fé. Os recém-contratados Nelson Benítez, lateral-esquerdo argentino proveniente do Talleres de Córdoba e com passagem pelo Porto, o volante Matías Giménez, também argentino, que estava no Huracán e atuou em três passagens pelo Boca Juniors, e o meia paraguaio Mazacotte, que estava no Unión de Santa Fé, poderão jogar caso suas inscrições sejam confirmadas pela Conmebol ainda nesta terça-feira.

A arbitragem do duelo entre Olimpia e Santa Fé, no Defensores del Chaco, será do brasileiro Héber Roberto Lopes. Ele será auxiliado pelos compatriotas Márcio Santiago e Fabrício Vilarinho. O jogo de volta entre as duas equipes será no próximo dia 9 de julho no El Campín, em Bogotá.

Olimpia e Santa Fé começam nesta terça-feira a disputar um lugar na final da Copa Libertadores da América. O vencedor deste duelo enfrentará na decisão Atlético Mineiro ou Newell's Old Boys, que jogam seu primeiro duelo nesta quarta-feira.

Como fez a segunda melhor campanha na fase de grupos, só perdendo para o Atlético Mineiro, o Santa Fé jogará a partida de volta em Bogotá. Para este primeiro confronto, no Defensores del Chaco, em Assunção, a equipe colombiana chega embalada pelo bom momento.

No Campeonato Colombiano, o Santa Fé já está garantido na decisão do Torneio Apertura com uma rodada de antecipação. Há de se lembrar que o futebol não parou na Colômbia por conta da Copa das Confederações e o Santa Fé chega, portanto, embalado.

Com mais tradição na Libertadores que o seu adversário desta noite, o Olimpia alcançou as semifinais com o peso de ter eliminado o campeão brasileiro, Fluminense, nas quartas de final. Outra vantagem da equipe é o fato de ainda não ter perdido no Defensores del Chaco na edição atual do torneio continental. No Torneio Apertura do Campeonato Paraguaio o clube não fez boa campanha, como priorizou a Libertadores acabou terminando em quinto.

O Rei de Copas, como é conhecido no Paraguai pelos títulos nas Libertadores de 1979, 1990 e 2002, poderá ter três reforços vindos do futebol argentino diante do Santa Fé. Os recém-contratados Nelson Benítez, lateral-esquerdo argentino proveniente do Talleres de Córdoba e com passagem pelo Porto, o volante Matías Giménez, também argentino, que estava no Huracán e atuou em três passagens pelo Boca Juniors, e o meia paraguaio Mazacotte, que estava no Unión de Santa Fé, poderão jogar caso suas inscrições sejam confirmadas pela Conmebol ainda nesta terça-feira.

A arbitragem do duelo entre Olimpia e Santa Fé, no Defensores del Chaco, será do brasileiro Héber Roberto Lopes. Ele será auxiliado pelos compatriotas Márcio Santiago e Fabrício Vilarinho. O jogo de volta entre as duas equipes será no próximo dia 9 de julho no El Campín, em Bogotá.