icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/03/2014
18:35

Santa Cruz e Sport decidem nesta quarta-feira qual dos rivais vai fazer a final da Copa do Nordeste contra o vencedor de América-RN x Ceará, e a torcida rubro-negra está animada para o jogo mostrando que deve comparecer em bom número no Arruda. Na segunda-feira, primeiro dia de vendas dos ingressos na Ilha do Retiro, houve grande procura dos torcedores leoninos, que devem esgotar os bilhetes disponibilizados para eles. O Leão já tem boa vantagem garantida na vitória por 2 a 0 na partida de ida.

Para que não haja confusões no estádio e em seu entorno, a Polícia Militar de Pernambuco aumentou em 7% o efetivo que estará presente na partida, isso em relação ao primeiro confronto da disputa. Serão 773 policiais trabalhando na segurança do clássico, 242 na área interna e 531 na área externa. O esquema de segurança também incluirá a utilização de um helicóptero e 15 microônibus, assim como foi no primeiro jogo, quando não houve registro de confrontos entre as torcidas dos clubes. Além disso, a Torcida Jovem, do Sport, será escoltada até o Arruda.

- Vamos repetir a mesma operação que deu certo no último clássico, com acréscimo de 7% de efetivo. Esse aumento se deve ao caráter decisivo da partida, além da perspectiva de um público maior - afirmou responsável pela assessoria de comunicação da PM, capitão Júlio Aragão.

PM evita primeira confusão

A estação do Barro, na Zona Oeste de Recife, foi local para uma 'quase' confusão no começo na tarde desta terça-feira. Torcidas organizadas das duas equipes passaram pelo espaço e deixaram um clima de apreensão no ar. Aproximadamente cem tricolores passaram por lá e avisaram para a Polícia Militar que poderia haver um encontro com leoninos. Um grupo de policiais que estava na estação organizou a saída dos corais.

Logo depois mais ou menos a mesma quantidade de torcedores do Rubro-Negro chegou ao local em dois ônibus. Alguns passageiros ficaram nervosos, mas a PM interviu e contornou a situação.