icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
06/04/2014
18:03

Santa Cruz e Salgueiro deram passos importantes para se enfrentarem na final do Pernambucano-2014. Nas semifinais do Estadual, Coral e Carcará se deram bem contra Sport e Náutico, respectivamente. O Tricolor não tomou conhecimento do Leão e venceu por 3 a 0, no Arruda. Já o Salgueiro foi um péssimo anfitrião para o Náutico: fez o Timbu voltar para casa com um 2 a 0 na bagagem.

Só que o regulamento do Estadual não deixa os torcedores vencedores deste domingo se animarem tanto, já que o saldo de gols entre os semifinalistas não serve como desempate. No caso do Santa, por exemplo, se o Sport vencer na volta por 1 a 0, o jogo vai para os pênaltis. A vantagem de Santa Cruz e Salgueiro é de poder empatar para avançar.

No Arruda, o destaque foi o atacante Léo Gamalho. Ele marcou duas vezes e ainda participou de outro gol do Santa, feito por Renatinho.

Todos os gols foram no segundo tempo. O placar foi aberto após pênalti cometido por Durval em Caça-Rato. O segundo veio com o baixinho Renatinho aproveitando a sobra na área e pegando bonito. A cereja do bolo foi o chutaço de Léo Gamalho de fora da área.

Já o Salgueiro fez um gol em cada tempo, primeiro com Everton e depois com Kanu, e conseguiu inverter a vantagem no confronto, que inicialmente era do Náutico, dono da melhor campanha entre os semifinalistas.