icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2013
12:52

Em um ano de muito trabalho para a Uefa, a organização confiou ao San Siro a honra de ser palco da final da Liga dos Campeões de 2016. Além do torneio continental de clubes, a entidade também irá organizar a Eurocopa, principal disputa entre seleções do Velho Continente, que será disputada na França logo depois do fim da temporada.

O San Siro irá suceder ao Estádio da Luz (Lisboa), casa do Benfica, que abrigará a decisão de 2014, e depois o Olímpico de Berlim (Alemanha, casa do Hertha Berlim), sede da final de 2015. A decisão foi tomada nesta sexta-feira e anunciada à imprensa internacional pela Federação Italiana de futebol (FIGC).

O estádio serve de casa para dois dos principais times do futebol italiano, europeu e mundial. Tanto o Milan, sete vezes campeão europeu, quanto a Inter de Milão, tricampeã continental, mandam seus jogos no San Siro, que tem capacidade para pouco mais de 80 mil pessoas. Seu nome oficial é Giuseppe Meazza, ídolo nerazurro.