icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
15/11/2013
13:23

A vitória diante do Náutico, nesta quinta-feira, não quebrou somente o jejum de nove jogos sem vencer do Fluminense. Ela também ajudou a encerrar a fase negativa do atacante Samuel, autor do segundo gol da partida, e que não marcava há 85 dias. Seu último gol havia sido na vitória do Tricolor diante do Goiás por 1 a 0, na primeira partida das quartas de finais da Copa do Brasil, que aconteceu no dia 21 de agosto.

- Toda vez contra o Náutico eu tenho sorte. Futebol tem essas coisas. Eu achei o Wágner pela esquerda, ele fez uma boa jogada e chutou. O Berna espalmou e a bola sobrou pra mim. Graças a Deus conseguir marcar novamente - disse Samuel.

Elogiado por Dorival Júnior após o jogo, Samuel começou a partida no banco de reservas, entrando no intervalo do jogo no lugar de Marcos Júnior, que saiu lesionado.

- Independente de quem comece jogando, vou trabalhar para quando a oportunidade aparecer eu conseguir marcar mais gols e ajudar o Fluminense.

O Tricolor carioca volta a campo neste domingo, diante do São Paulo, às 17h, no Maracanã, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Fluminense vence com facilidade o Náutico e respira