icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/06/2014
16:01

Empolgado pelas vitórias sobre Austrália (3 a 1) e Espanha (2 a 0), o Chile foi derrotado por 2 a 0 pela Holanda nesta segunda-feira, na Arena Corinthians, e avançou às oitavas de final na segunda colocação do Grupo B. Será um abalo na confiança dos sul-americanos? Para o técnico Jorge Sampaoli, não.

- O ânimo dos jogadores está intacto. Eles fizeram um bom jogo contra a Holanda, esse é o Chile que me orgulha por ser técnico. Por mais que o resultado não tenha acontecido, a valentia da equipe mostrou como estamos preparados para as oitavas de final - disse o argentino, que só poupou o volante Arturo Vidal, pendurado com um cartão amarelo, e lançou o time ao ataque.

- Nossa intensidade foi incrível, buscamos o gol constantemente. A Holanda colocou nove ou dez jogadores atrás da linha da bola. Era um jogo mais fundamental para nós do que para eles. Quisemos jogar, eles não - acrescentou Sampaoli, lembrando que os europeus se classificariam em primeiro lugar mesmo com o empate.

O Chile já sabe que jogará pelas oitavas de final no sábado, às 13h, no Mineirão. O adversário será o primeiro colocado do Grupo A, vaga que será disputada por Brasil, Croácia e México ainda na tarde desta segunda-feira.

- Acredito que qualquer adversário será muito complicado. Se jogarmos contra o time da casa, teremos de ter muito cuidado. É o preferido de todo o país, está com seu povo ao lado, mas temos de fazer o que estamos fazendo, sair para ganhar - completou.