icons.title signature.placeholder RADAR /LANCEPRESS!
15/11/2014
17:51

A ponteira Samara tem sido um dos destaques do Molico/Nestlé neste início de temporada e espera seguir ajudando a equipe no jogo do próximo domingo, às 11h, diante do Uniara/Afav, no José Liberatti, em Osasco. Em caso de vitória na partida antecipada da quarta rodada da Superliga, o time comandado por Luizomar assume a liderança da competição.

Titular desde a semifinal do Campeonato Paulista, Samara tem recebido ajuda de Mari neste bom momento. A campeã olímpica sempre passa orientações para suas companheiras e tem sido importante para a boa fase do clube. Samara e Mari formam dupla nos exercícios de aquecimento e criaram uma amizade mesmo com pouco tempo em que estão juntas no clube.

- Não me vejo como a substituta da Mari. Eu admiro muito ela e nos demos bem desde o momento que começamos a trabalhar juntas. Essa afinidade tem ajudado bastante e ela tem contribuído durante os treinos e jogos com sua experiência e orientações. Somos da mesma posição e ela tem vários títulos que sonho conquistar - afirma a jogadora.

A camisa 10 do Molico/Nestlé revela os aspectos importante para o seu bom momento e destaca a qualidade de suas companheiras de posição.

- O nosso time é bem homogêneo e tem ponteiras boas de bola. Estou jogando com a Carcaces, mas sabemos que a Mari e a Gabi estão prontas para jogar se o Luizomar optar por elas. Esperei bastante por essa oportunidade e estou muito feliz de estar correspondendo e me firmando na posição - disse.

Mari comprova sua excelente relação com Samara e destaca as qualidades da companheira. Acostumada a jogar com frequência, a jogadora está ciente de seu papel e quer conquistar títulos.

- É um momento diferente do que estava acostumada. Eu joguei até a semifinal do Paulista e depois aconteceu a troca por opções táticas do Luizomar e que respeito. A Samara é uma jogadora de recepção e eu e a Carcaces temos como principal virtude o ataque. Por isso, fica mais complicado jogarmos juntas. O Luizomar tem o planejamento dele e quer colocar todas com ritmo para jogar. O meu objetivo é tentar ajudar da forma que puder. Quando não for jogando será auxiliando com orientações e assim vamos tentar chegar às finais e conquistar títulos - avalia, consciente, Mari.

Até o momento, o Molico/Nestlé venceu o Maranhão/Cemar e o Rio do Sul/Equibrasil, sem perder nenhum set na competição nacional. Com seis pontos, a equipe de Osasco ocupa da terceira colocação e, em caso de vitória de três pontos neste domingo, assumirá a liderança da Superliga. O Sesi-SP está com a mesma pontuação, mas aparece em segundo nos critérios de desempate. O líder é Dentil/Praia Clube, com oito pontos, porém com um jogo a mais que seus rivais.