icons.title signature.placeholder TÊNIS NEWS
25/02/2015
09:43

A parceria formada pelo brasileiro André Sá e o finlandês Jarkko Nieminen precisou salvar um match-point e forçar o match-tiebreak para eliminar os principais favoritos nem Buenos Aires, na parceria do uruguaio Pablo Cuevas e do espanhol David Marrero.


Sá/Nieminen precisou de 1h48 para fechar o placar da dura partida de estreia em 5/7 7/6 (4) 11/9 tendo convertido cinco aces contra seis dos rivais, que tiveram aproveitamento de 73% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 68% da parceria do brasileiro.

A partida foi muito disputada e parelha. Cuevas/Marrero começaram na vantagem ao conquistar a quebra de saque no quarto game do primeiro set, mas viram a parceria do brasileiro devolver no sétimo game e pressionar. No décimo primeiro game, melhor para a parceria hispano-uruguaia que conquistou a quebra e sacou para o set.

No segundo set cada dupla conquistou duas quebras de saque, em games longos de devolução de quebra. Após uma delas, Cuevas/Marrero tiveram oportunidade de fechar a partida, mas viram Sá/Nieminen vencer game e forçar o tiebreak, onde foi superior e forçou o match-tiebreak.

Nele, o jogo seguiu duro e  com pontos longos, mas a parceria do brasileiro conquistou a mini-quebra em 9/8 e sacou para fechar a partida na sequência.

Sá/Nieminen aguarda pela dupla que vencerá o confronto entre a parceria dos brasileiros Thomaz Bellucci e Marce lo Demoliner e os alemães Alexander Satschko e Gero Kretschmer.

A parceria formada pelo espanhol Rafael Nadal e o argentino Juan Mónaco superou o favoritismo dos tchecos Jiri Vesely e Frantisek Cermak, quartos favoritos da chave.

Dez anos depois de sua primeira e única aparição em Buenos Aires, Nadal estreou em horário nobre e com muita torcida a favor, para se apresentar por 1h30 e fechar o placar de virada em 4/6 7/5 10/7.

O primeiro set começou muito disputado, com parciais iguais até o nono game, quando os tchecos conquistaram a quebra e sacaram para fechar o set. Na etapa seguinte, Nadal/Mónaco  conquistou a quebra no quinto game, mas viu os rivais devolverem a quebra e abrirem 5/3. Empurrados pelo público a parceria hispano-argentina correu atrás do prejuízo, venceu os quarto games seguintes e forçou o match-tiebreak.

Nele, muitas trocas de quebra, até que os tchecos pararam na eficiente direita de Nadal e viram os rivais sacarem para o jogo.

Na segunda rodada, a parceria enfrentará a dupla formada pelos argentinos Andrés Molteni e Federico Delbonis, que venceram na estreia a dupla do espanhol Albert Ramos e o argentino Facundo Bagnis por 7/6 (2) 6/4.

Nesta quarta, às 21h, ele encara o local Facundo Arguello na estreia em simples.