icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/07/2013
07:13

Desde que assumiu o comando do Flamengo, a diretoria de Eduardo Bandeira de Mello sempre prezou pela honra dos compromissos, e isso vinha sendo cumprido mês a mês. Porém, pela primeria vez desde o início do ano, o salário dos funcionários está em atraso. O vencimento de junho, que deveria ser pago até a última sexta-feira, ainda não foi feito.

Outros compromissos que não estão em dia são os direitos de imagem de alguns atletas do futebol, que estão atrasados em um mês. O pagamento era para ser efetuado ainda até o fim de junho, mas só deve ser pago nesta semana. Contudo, não são todos os atletas que recebem direitos de imagem.

VEJA TAMBÉM
- Rodados! Jogadores do Flamengo irão percorrer 9.678 quilômetros em 16 dias
- DE PRIMA: Oposição do Flamengo quer tirar vice do cargo
- Partidas fora do Rio viram mina de ouro para a Ferj no Brasileiro

Com os jogadores, não é o primeiro atraso da diretoria rubro-negra com o futebol. Há alguns meses, o Flamengo parcelou a dívida com os jogadores. A partida diante do Coritiba, no Estádio Mané Garrincha, gerou uma receita de aproximadamente R$ 1,5 milhão aos cofres do clube.

Desde que assumiu o comando do Flamengo, a diretoria de Eduardo Bandeira de Mello sempre prezou pela honra dos compromissos, e isso vinha sendo cumprido mês a mês. Porém, pela primeria vez desde o início do ano, o salário dos funcionários está em atraso. O vencimento de junho, que deveria ser pago até a última sexta-feira, ainda não foi feito.

Outros compromissos que não estão em dia são os direitos de imagem de alguns atletas do futebol, que estão atrasados em um mês. O pagamento era para ser efetuado ainda até o fim de junho, mas só deve ser pago nesta semana. Contudo, não são todos os atletas que recebem direitos de imagem.

VEJA TAMBÉM
- Rodados! Jogadores do Flamengo irão percorrer 9.678 quilômetros em 16 dias
- DE PRIMA: Oposição do Flamengo quer tirar vice do cargo
- Partidas fora do Rio viram mina de ouro para a Ferj no Brasileiro

Com os jogadores, não é o primeiro atraso da diretoria rubro-negra com o futebol. Há alguns meses, o Flamengo parcelou a dívida com os jogadores. A partida diante do Coritiba, no Estádio Mané Garrincha, gerou uma receita de aproximadamente R$ 1,5 milhão aos cofres do clube.