icons.title signature.placeholder Russel Dias
01/07/2014
15:03

O Santos está definitivamente reduzindo seu elenco e enxugando a folha salarial. Após emprestar Lucas Otávio, Pedro Castro e liberar Breitner, o clube acertou nesta segunda-feira a rescisão de contrato com o volante Anderson Carvalho, revelado pela base do clube em 2010. Ele defenderá o Boa Vista (POR), que retornou para a primeira divisão de seu país, por três temporadas, e já viaja nesta quinta-feira para Portugal.

Vestindo a camisa alvinegra desde os 15 anos de idade, o jogador, hoje aos 24, se despediu de todos na segunda-feira e se emocionou.

- Vai bater uma saudade porque aqui é o meu clube formador, minha cidade, tenho muito carinho por todos os funcionários, pelas moças que fazem nossa comida, pelos roupeiros, todos. Mas vai ser bom para a minha carreira, vai dar uma alavancada - disse Anderson Carvalho, ao LANCE!Net.

Integrado ao elenco profissional desde 2010, o volante tem 15 partidas pelo Santos e um gol marcado. Mesmo com as poucas oportunidades recebidas, ele afirma que não guardará mágoas de nenhum treinador e continuará torcendo pelo Peixe.


- O Muricy (Ramalho) me deu bastante chances quando comecei e agora a posição estava bastante concorrida, então achei melhor ir para Portugal. Mas vou torcer bastante para o Santos, se algum dia der eu volto, não fica nenhuma mágoa - afirmou.

Neste ano, com o técnico Oswaldo de Oliveira, ele chegou a ser relacionado para duas partidas do Campeonato Brasileiro, logo após a saída de Cícero, mas não entrou em campo.

Após subir para o profissional, o meio-campista foi emprestado ao Vissel Kobe (JAP), em 2011 e, no ano seguinte jogou o Campeonato Paulista pelo Penapolense, também por empréstimo.