icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/07/2014
09:10

Quase que de maneira inevitável, o argentino Alejandro Sabella teve de responder na véspera da partida decisiva contra a Holanda a perguntas sobre Robben, grande destaque holandês no Mundial, com arrancadas e desempenho físico invajável. O técnico não fugiu dos questionamentos, mas foi categórico e lembrou do seu camisa 10.

– É um grande jogador, muito importante para a Holanda, como é Neymar para Brasil, e a Argentina tem o Messi, que é o melhor de todos.

Capitão e líder técnico da Alviceleste, o jogador da Argentina é o artilheiro da sua equipe no Mundial, com quatro gols marcados. Das cinco partidas vencidas até a semi, o rosarino só não foi eleito o craque dos embates uma vez: nas quartas de final diante da Bélgica, em que Higuaín marcou o gol da vitória por vantagem mínima e levou o troféu.