icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
20/11/2014
16:17

A manhã da esperada partida entre Grêmio e Cruzeiro, que ocorre nesta quinta-feira, às 21h50, na Arena, em Porto Alegre, foi de tranquilidade na concentração gremista. O treinadro Luiz Felipe Scolari, que voltou de São Paulo após resolver um problema particular, tomava seu chimarrão e conversa com os auxiliares Murtosa e Ivo Wortmann.

Poucos jogadores circulavam pelo hall. Já o editor-executivo Rui Costa parou para falar com a imprensa e lembrou que todas as atenções do país estarão voltadas para o clássico.

- Trata-se de um jogo com vários interesses. Muitos torcerão para a preservação da emoção do campeonato, o Cruzeiro vê a partida como decisiva, pois uma vitória o deixaria numa posição confortável para descansar o time titular no fim de semana para entrar com tudo na finalíssima da Copa do Brasil na próxima quarta-feira. E para nós prevalece o nosso interesse, que é vencer para seguirmos firmemente nesta caminhada rumo à LIbertadores - disse para a Rádio Gaúcha.

Rui Costa garante que Cruzeiro e Grêmio, hoje, estão parelhos. E que acredita numa vitória, que serpá fundamental para os gremistas planejarem a próxima temporada em alto nível.

- São duas grandes equipes. Temos a mesma grandeza histórica e de tpitulos do Cruzeiro. No ano passado, por exemplo, buscamos o tpítulo. Só que o Cruzeiro acumulou uma gordura fora da curva e levou vantagem. Neste ano, eles também conseguiram essa vantagem. Mas estamos num momento equivalente. E nosso foco é criar um grande ano para 2015. Para isso, é fundamental a vaga na Libertadores, tanto para o elenco, como para o planejamento e para as finanças - disse Rui Costa, acredirtando no apoio maciço da dua torcida. Afinal, a previsão de público para esta noite é de 45 mil.