icons.title signature.placeholder Felipe Domingues, Guilherme Cardoso e Luis Fernando Ramos
06/11/2014
11:59

A vida do alemão Nico Rosberg, da Mercedes, não vem sendo tranquila neste ano. Na liderança do Mundial de Pilotos em quase toda a primeira parte do campeonato, o piloto perdeu a posição para seu companheiro de equipe Lewis Hamilton, com quem trava uma "guerra" interna. Na última rodada, porém, tem a chance de título, visto que a pontuação da etapa será dupla, algo que o próprio alemão havia criticado no início do ano.

- Agora acho uma ideia fantástica, brilhante (risos). Tenho uma chance de ganhar o campeonato dessa maneira. A pontuação dupla é boa para os fãs, pois mantém a expectativa alta até o fim e, com certeza, me deixa bastante otimista - disse Rosberg durante entrevista coletiva em Interlagos.

Hamilton lidera o campeonato com 316 pontos, enquanto Rosberg o segue com 292. Únicos dois pilotos ainda com chances de título, a matemática é simples: duas vitórias dão 75 pontos ao piloto. Por isso, nada interessa mais ao alemão do que estar no primeiro lugar do pódio em São Paulo e Abu Dhabi, além de manter Lewis fora da ponta.

- Preciso que algo aconteça. Não é suficiente apenas vencer, infelizmente, mas no esporte, tudo pode acontecer, então estou otimista. Até agora, Lewis tem feito um trabalho melhor. Tivemos uma batalha intensa antes e agora segue igual - completou o vice-líder do campeonato.