icons.title signature.placeholder Alexandre Araújo
10/04/2014
12:17

Sem Everton Costa, expulso na primeira partida da final, o Vasco pode manter o esquema para o jogo decisivo contra o Flamengo, que definirá o campeão do Carioca. Durante entrevista coletiva nesta quinta-feira, o zagueiro Rodrigo deu indícios de que a dúvida de Adilson Batista é quem vai ocupar a vaga do atacante, quem vinha formando o setor ofensivo ao lado de Reginaldo e Edmilson.

O camisa 3 ressaltou ainda que o time cruz-maltino, mesmo sem Everton Costa, continuará aplicando a marcação por pressão que deu certo contra o Fluminense, na semifinal, e na primeira partida da decisão.

- Estamos nos virando. Tem pouco tempo de trabalho. Fizemos um trabalho de recuperação que durou até ontem (quarta-feira), praticamente. Difícil o Adilson certar tudo aquilo que ele quer em um período curto, mas acho que até o fim de semana ele vai encontrar alguém que possa fazer aquilo que o Everton faz. Mas a pressão, não tenha dúvida. Até porque a marcação não depende apenas dos atacantes. Começa com o Douglas, lá em cima, então vai continuar fazendo. Mudar o esquema, já adianto que vamos do mesmo jeito. Só ver mesmo quem vai fazer esta função do Everton - disse.

O Vasco adotou o esquema com três atacantes e Douglas na última partida da Taça Guanabara, quando goleou o Duque de Caxias por 4 a 0. Desde então, Adilson vem usando a tática, inclusive, nos dois jogos da semifinal contra o Fluminense.

Rodrigo garante que Vasco está com a cabeça boa para a final