icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/03/2014
15:21

O cavaleiro campeão olímpico Rodrigo Pessoa garantiu mais um título para sua vitoriosa carreira. Na noite de sábado, na arena internacional do Festival Equestre de Inverno, nos Estados Unidos, o brasileiro fez uma apresentação perfeita e arantiu o troféu do GP Wellington, na nona semana de competições na Flórida. No dorso de Citizenguard Cadjanine Z, o medalhista de ouro em Atenas-2004 realizou um percurso sem faltas com o tempo de 39s52.

O segundo lugar ficou com Jessica Springsteen e Vindicat W, com duplo zero em 41s97. O bronze foi para Wilton Porter, com Paloubet, também sem faltas e com o tempo de 42s64 no desempate. A prova foi válida como qualificatória para a Copa do Mundo e também para os Jogos Equestres Mundiais.

- Eu pensei que se cumprisse o que eu tinha planejado tudo daria certo, que poderia ser uma boa prova. Então, eu tive sorte que tudo aconteceu como eu esperava. Fomos rápidos, mas nunca se sabe quando você tem tantos outros conjuntos velozes na prova. Eu pensei que se o tempo não fosse bom para vencer, seria perto, um segundo ou terceiro lugar. No final, tudo deu certo e estou muito feliz - disse Pessoa.

Pela vitória, o brasileiro também recebeu pela terceira vez o Herman "Kappy" Kaplan Perpetual Memorial Trophy. As outras duas conquistas foram em 2010, com Double H Farm Night Train, e em 2011, com HH Let’s Fly.

- A minha égua teve alguns bons resultados no ano passado. Na final da Copa das Nações, em Barcelona, ficamos em segundo e depois vencemos o GP de Arezzo, na Itália. Aos poucos vamos melhorando. Ela não é uma égua fácil, mas tem muito potencial e personalidade. Ela evoluiu muito aqui na Flórida, está confortável, saltando bem e hoje ela foi perfeita - completou o campeão olímpico.

O Festival Equestre de Inverno seré realizado até o dia 30 de março no Palm Beach International Equestrian Center, em Wellington, na Flórida, e irá distribuir US$ 8 milhões em prêmios. Com duração de 12 semanas e provas de diversas categorias, é a maior e mais longa competição de hipismo do mundo com a participação de cinco mil cavalos e 2.800 cavaleiros de 31 países.